Repositório Digital

A- A A+

A prática da "post-normal science" na busca pela sustentabilidade na gestão das florestas brasileiras de acácia negra

.

A prática da "post-normal science" na busca pela sustentabilidade na gestão das florestas brasileiras de acácia negra

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A prática da "post-normal science" na busca pela sustentabilidade na gestão das florestas brasileiras de acácia negra
Autor Viacava, Keitiline Ramos
Orientador Pedrozo, Eugenio Avila
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Centro de Estudos e Pesquisas em Agronegócios. Programa de Pós-Graduação em Agronegócios.
Assunto Agronegócios
Desenvolvimento sustentavel : Meio ambiente : Administracao
Economia ecologica
[en] Complexity and post-normal science
[en] Decision making
[en] Ecological economics
[en] Sustainable forest management
Resumo A deterioração das florestas nativas, apesar de já ter motivado preocupações relacionadas à sustentabilidade e incentivado a aplicação de práticas de Gerenciamento Sustentável na Produção de Madeira - GSPM (Sustained Yield Timber Management – SYTM), está ocorrendo a substituição desse conceito pelo conceito de Gerenciamento Florestal Sustentável - GFS (Sustainable Forest Management – SFM). O GFS se diferencia do GSPM, pois extrapola a concepção de produção. Ele é orientado para a gestão das florestas numa perspectiva global, incluindo a preocupação com as gerações futuras e integrando os aspectos sociais e ecológicos, numa ótica de “reflorestamento sustentável”. Como decorrência desses movimentos, as agroindústrias florestais vêm sendo pressionadas a tomar decisões baseadas em princípios de sustentabilidade e, em face do conceito de cadeias produtivas, impulsionam todos os demais elos da cadeia à certificação, orientada pelos mesmos princípios. No Brasil, atualmente, acontece um processo que espelha este momento no Sistema Agroindustrial de Acácia Negra, situado unicamente no Rio Grande do Sul. Porém, isso ocorre num contexto complexo, implicando em decisões ambíguas e arriscadas no âmbito dos ecossistemas florestais que, quando orientadas à sustentabilidade, devem contemplar outros valores e racionalidades, evoluindo da lógica econômica tradicional para a lógica da Economia Ecológica. Assim, parte-se da seguinte questão: existe uma pluralidade de motivações ou unicamente o auto-interesse rege os produtores florestais na tomada de decisão acerca da certificação FSC? O objetivo é analisar a tomada de decisão de acacicultores, fornecedores do Grupo SETA S.A., diante da necessidade de adaptação das unidades de manejo à certificação. Como metodologia incorpora-se a Post-normal science, a ciência que atribui à decisão um papel de extrema relevância no tratamento dos problemas atuais — onde os fatos são incertos, os valores divergentes, os riscos altos e as decisões urgentes. Como resultado identificam-se decisões fundamentadas especialmente com base na maximização do auto-interesse, mas que incluem também o empenho por objetivos desvinculados a este.
Abstract The deterioration of native forests, although having caused sustainability-related concerns and, consequently, the application of Sustained Yield Timber Management – SYTM - practices, is giving way to the replacement of such concept with that of Sustainable Forest Management – SFM. SFM differs from SYTM in that it goes beyond the concept of production. It is dedicated to forest management under a global perspective, including the concern for future generations and the integration of social and ecological aspects based on a "sustainable reforestation" viewpoint. As a result of these movements, forest agro-industries have been under pressure to make decisions based on sustainability principles and, due to the concept of production chains, led the other links in the chain towards certification guided by the same principles. In Brazil, nowadays, a process reflecting this moment happens in the Black Acacia Agro-Industrial System, located exclusively in Rio Grande do Sul. However, it takes place in a complex system that requires ambiguous, bold decisions regarding forest ecosystems which, when directed towards sustainability, must take into consideration other values and rationales, evolving from the conventional economic logic to Ecological Economics. Hence, we start with the following question: is there plurality of reasons or does self-interest alone rule over forest producers in their decision making regarding FSC certification? The purpose is to analyze decisions made by acacia planters, suppliers of the Grupo SETA S.A., in face of the need to adapt management units to certification requirements. As for methods, we incorporate the Post-normal science, a science which ascribes to decision making a highly relevant role in the handling of current problems — in which facts are uncertain, values diverge, risks are high and decisions are urgent. As a result, we have identified that decisions are made primarily based on the maximization of self-interest, but also include efforts dedicated to objectives unrelated to it.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/10038
Arquivos Descrição Formato
000593905.pdf (986.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.