Repositório Digital

A- A A+

A experiência de Chile, México e Brasil sob o regime de metas de inflação : uma comparação internacional

.

A experiência de Chile, México e Brasil sob o regime de metas de inflação : uma comparação internacional

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A experiência de Chile, México e Brasil sob o regime de metas de inflação : uma comparação internacional
Autor Zettel, Ana Paula França Vieira
Orientador Ferrari Filho, Fernando
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Economia.
Assunto Austrália
Brasil
Canadá
Chile
Finlândia
Inflação
México
Nova Zelândia
Países desenvolvidos
Países em desenvolvimento
Política monetária
Reino Unido
Suécia
[en] Emerging countries
[en] Inflation targeting
[en] Monetary policy
[en] Sacrifice ratio
Resumo Esta dissertação tem o propósito de avaliar a experiência de Brasil, Chile e México comparativamente a de Austrália, Finlândia, Suécia, Reino Unido, Nova Zelândia e Canadá sob o regime de metas inflação (IT). Dessa forma, o interesse central deste estudo é o efeito das políticas monetárias adotadas sobre produto dos países emergentes, em um contexto de excessiva volatilidade da taxa de câmbio, elevada dívida pública e baixa credibilidade das instituições. Para atingir este objetivo, optouse pela conjugação do método analítico descritivo, análise do histórico dos países sob IT, e de um exercício econométrico. A variável através do qual o desempenho econômico dos países será analisado, para fins de comprovação empírica, é a taxa de sacrifício, construída a partir da razão entre hiato do produto, medido pelo filtro HP, e o logaritmo da variação da inflação. Os resultados empíricos deste trabalho, bem como o histórico dos países, sugerem que a taxa de sacrifício dos emergentes é, em média, superior a dos industrializados. As fraquezas presentes nas economias emergentes, como falta de coordenação entre políticas monetária e fiscal, vulnerabilidade externa, que se manifesta na excessiva volatilidade e sensibilidade da taxa de câmbio a choques externos, entre outras, são as possíveis explicações para este fenômeno.
Abstract This thesis main objective is evaluate and compare the experience of Brazil, Chile and Mexico against the experience of Australia, Finland, Sweden, United Kingdom, New Zealand and Canada under the inflation targeting (IT) regime. In this regard, the central interest of this study is the effect of the monetary policy adopted over the emerging countries GDP, in a context of extreme exchange rate volatility, high public debt and low institution’s credibility. To reach this goal, it was combined the analytical descriptive method with an econometrical exercise. The variable, through which the country’s economic performance was analyzed, for ends of empirical evidence, is the sacrifice rate, built from the GDP gap, measured through HP filter, and the inflation variation logarithms. The empirical results of this work, as well as the countries historical experience, suggest that emerging countries sacrifice ratio is, on average, higher than for the industrialized ones. The weaknesses found in these economies, as lack of monetary and fiscal policy coordination, external vulnerability, manifest through exchange rate volatility and high sensitivity to external shocks, among others, are the possible explanations for this phenomenon.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/10108
Arquivos Descrição Formato
000595746.pdf (508.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.