Repositório Digital

A- A A+

Diretrizes para a programação de recursos em obras de curto prazo

.

Diretrizes para a programação de recursos em obras de curto prazo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Diretrizes para a programação de recursos em obras de curto prazo
Autor Krawczyk Filho, Mario
Orientador Formoso, Carlos Torres
Co-orientador Bernardes, Mauricio Moreira e Silva
Data 2003
Nível Mestrado profissional
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Mestrado Profissional em Engenharia.
Assunto Empresa de construção civil
Gestão da produção
Planejamento e controle da produção
Resumo A programação de recursos da produção, realizada a partir do planejamento e controle da produção (PCP), quando ineficaz, pode gerar problemas relacionados à dilatação de prazo de execução da obra, ao desperdício de recursos materiais, à baixa produtividade de mão-de-obra e, por conseqüência, um sobrecusto em relação ao valor estimado para o empreendimento. Este trabalho consistiu na realização de um estudo empírico em uma empresa de construção, localizada em Porto Alegre-RS. O objetivo principal do estudo consiste em propor diretrizes para a programação de recursos, como parte do sistema de planejamento e o controle de produção, enfatizando obras de curto prazo. Como objetivo secundário, procurou-se adequar o modelo de PCP desenvolvido no NORIE/UFRGS para a execução de obras de curto prazo. O método de pesquisa foi dividido em três etapas. Inicialmente, conduziu-se um estudo exploratório com o objetivo de diagnosticar o sistema de programação de recursos e o PCP da empresa estudada. A segunda etapa envolveu a realização de um estudo empírico, utilizando a pesquisa-ação como estratégia de pesquisa, no qual foi implementado um sistema de PCP adequado para obras de curto prazo, focalizando a programação de recursos. Na terceira e última etapa do trabalho, foi efetuada uma avaliação da implantação do sistema de PCP e proposto um conjunto de diretrizes para a programação de recursos. Entre as principais conclusões deste estudo, constatou-se que, para a implantação de um sistema de programação de recursos, deve-se inicialmente padronizar e formalizar o processo de PCP, pautados na estratégia de produção adotada pela empresa, envolvendo decisões como, por exemplo, o tipo de relacionamento com os fornecedores, a forma de contratação de mão-de-obra e estrutura organizacional da obra. Além disso, observou-se que a implementação de um sistema de programação de recursos requer uma forte integração dos setores administrativo, financeiro e produção, de forma atender satisfatoriamente os requisitos dos clientes.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/10123
Arquivos Descrição Formato
000517829.pdf (1.407Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.