Repositório Digital

A- A A+

Influência da utilização dos endurecedores superficiais cimentícios na resistência à abrasão de pisos industriais de concreto

.

Influência da utilização dos endurecedores superficiais cimentícios na resistência à abrasão de pisos industriais de concreto

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Influência da utilização dos endurecedores superficiais cimentícios na resistência à abrasão de pisos industriais de concreto
Autor Viecili, Fabio Andre
Orientador Cremonini, Ruy Alberto
Data 2004
Nível Mestrado profissional
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Mestrado Profissional em Engenharia.
Assunto Pisos de concreto
Pisos industriais
Resistência à abrasão
Resumo Os projetos de pisos industriais de concreto no seu dimensionamento avaliam, na sua maioria, somente a sua resistência às cargas de utilização, não contemplando muitas vezes o desempenho da superfície do piso devido ao desgaste por abrasão. A resistência à abrasão é de grande importância quando o tráfego consiste na utilização de equipamentos com rodas rígidas, particularmente as metálicas para o transporte de cargas em centros de armazenagens e fábricas. Sabe-se que a resistência à abrasão do concreto varia com a relação água/aglomerante e a qualidade do agregado utilizado. Como alternativa ao aumento da resistência característica do concreto para um melhor desempenho à abrasão, surgem os tratamentos superficiais baseados em argamassas com cimento, aditivos especiais e agregados selecionados, podendo estes ser de origem mineral ou metálica. O emprego dos endurecedores superficiais possibilita tratar somente a superfície que está exposta ao desgaste superficial não sendo necessário o aumento da resistência característica em toda a espessura da placa de concreto. Neste trabalho, foram avaliados o desempenho dos endurecedores cimentícios compostos com agregados minerais e metálicos em três diferentes dosagens (4 kg/m2, 8 kg/m2, 12 kg/m2) no tratamento superficial, do concreto com relação água/aglomerante 0,60 e o desempenho de concretos com diferentes relações água/aglomerante (0,45, 0,60 e 0,75) sem tratamento através de dois métodos de ensaio à abrasão. A análise dos resultados indica uma tendência que o uso dos endurecedores superficial cimentícios reduz o desgaste à abrasão, principalmente os compostos com agregados metálicos, e o seu emprego é viável economicamente.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/10140
Arquivos Descrição Formato
000521621.pdf (1.004Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.