Repositório Digital

A- A A+

O reflexo das relações internacionais no esporte

.

O reflexo das relações internacionais no esporte

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O reflexo das relações internacionais no esporte
Autor Viana, Bruno Walber
Orientador Vizentini, Paulo Gilberto Fagundes
Data 2008
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Relações Internacionais.
Assunto Ciência política
Esportes
Política internacional
Relações internacionais
[en] International relations
[en] Olympics
[en] Politics
[en] Sport
Resumo A importância dada à esfera esportiva pelos governantes mundiais, a partir da popularização das grandes competições mundiais, origina-se da identificação de um reflexo da política internacional no esporte e dos benefícios dele tirados pelos países. Este fenômeno é avaliado com base na teoria neo-realista das Relações Internacionais, e apresenta-se sob três variáveis principais: sistêmica, conjuntural e de características nacionalistas. Nesta analise, identifica-se uma semelhança na estruturação do sistema internacional de nações, através do conceito de equilíbrio de poder entre Estados, com a composição dos resultados alcançados pelas nações nos Jogos Olímpicos, assim como uma conexão entre eventos conjunturais históricos e grandes episódios ocorridos na arena esportiva, e a importância dos esportes na consolidação de movimentos nacionalistas e na criação de novos Estados soberanos. O estudo empírico apresentou explicações para a relevância atribuída a um fenômeno social a priori apolítico. Nesse panorama, apresentam-se três formas para a utilização governamental do esporte como instrumento política internacional: inserção e consolidação nacional no sistema internacional, ferramenta de política externa nacional e pressão política.
Abstract The importance world leaders infer to the field of sports, from the popularization of major international competitions, comes from the identification of a reflex of international politics on sport, and the benefits from it taken by States. This phenomenon is assessed based on the neo-realist theory of International Relations, and presents itself over three main analyzed topics: systemic, junctural and nationalistic. By this analysis, one is able to identify a similarity between the international system of nations structure, through the concept of balance of power among States, and the composition of achieved results on the Olympic Games, as well as a connection between historical junctural events and great episodes of sport history, and the importance of sports for the consolidation of nationalist movements and the creation of new sovereign States. The empiric study presented explanations for the relevance given to a social phenomenon a priori apolitical. On this framework, three forms are identified for the governmental usage of sports as an international political instrument: national insert and consolidation in the international system, national foreign policy tool and political pressure.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/101485
Arquivos Descrição Formato
000685601.pdf (327.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.