Repositório Digital

A- A A+

Diálogos sobre o ensino do esporte educacional : uma pesquisa-ação na formação continuada

.

Diálogos sobre o ensino do esporte educacional : uma pesquisa-ação na formação continuada

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Diálogos sobre o ensino do esporte educacional : uma pesquisa-ação na formação continuada
Autor Borges, Robson Machado
Orientador Gaya, Adroaldo Cezar Araujo
Co-orientador González, Fernando Jaime
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano.
Assunto Ensino
Esportes : Educação
Pesquisa-ação
[en] Action research
[en] Change
[en] Continuing education
[en] Sport
[en] Teaching conception
[es] Cambio
[es] Concepción de enseñanza
[es] Deporte
[es] Formación continua
[es] Investigación-acción
Resumo O ensino do esporte educacional tem recebido grande atenção da comunidade científica. São inúmeros os estudos que abordam o tema. No entanto a forma como o esporte tem sido ensinado na maioria das vezes, através de um modelo tradicional pautado na execução e na repetição de gestos motores, tem encontrado dificuldades em proporcionar aos alunos condições de atuação de um modo proficiente em um nível recreativo e/ou de lazer. A partir dessa compreensão, torna-se necessária a realização de estudos visando a uma mudança na concepção e na forma de os professores de Educação Física desenvolverem o ensino dos esportes. Entretanto pouco se sabe a respeito do caminho, dos entraves e das possibilidades para que os docentes mudem sua forma de trabalho. Tendo esse contexto como referência, esta pesquisa buscou verificar quais são as consequências de uma experiência de formação colaborativa, nas concepções e nas formas de professores de Educação Física ensinarem esportes com interação entre adversários. Para tanto, operou-se metodologicamente com a realização de uma pesquisa-ação, com cinco docentes que desenvolvem o ensino dos esportes em um programa de iniciação e formação esportiva denominado Atleta do Futuro, do Serviço Social da Indústria do Rio Grande do Sul. Os professores, juntamente com o pesquisador, constituíram um grupo de estudos com o intuito de refletir sobre o cotidiano profissional, estudando temas essenciais a respeito do ensino dos esportes, na tentativa de uma transformação no modo de ensinar as modalidades esportivas. No período de agosto de 2013 a maio de 2014, foram realizados 26 encontros de estudos, sendo 21 teóricos e cinco práticos. Desse modo, foram construídas, com os professores, condições para que pudessem repensar suas atuações docentes. O conjunto dos procedimentos envolvidos permite afirmar que: a) os professores possuíam uma visão parcial do esporte, enquanto fenômeno cultural, pois acreditavam que o desempenho dos alunos em um jogo esportivo depende da capacidade inata/natural, ao passo que o professor teria pouca influência no aprendizado dos discentes. Essa compreensão, inicialmente, dificultou o processo de mudança, sendo superada mediante o estudo de temas sobre o esporte e as argumentações do pesquisador; b) os participantes dessa investigação desconheciam como desenvolver o ensino da dimensão tática; c) a capacidade de identificar problemas na atuação dos alunos está relacionada à forma como o professor compreende o esporte. A partir do momento em que os educadores passaram a enxergar o processo de ensino sob a ótica da abordagem tática, conseguiram identificar dificuldades no desempenho dos alunos que não percebiam antes; d) o estudo propiciou uma mudança na concepção de ensino, contudo não foi suficiente para que houvesse uma transformação na forma de atuação dos docentes em suas aulas. Para atingir essa meta, foram necessários estudos práticos; e) à medida que os professores foram postos frente a evidências que apontam e demonstram como ensinar, tornando possível uma visualização do aprendizado, eles se convenceram sobre esse tema. Logo, a mudança de concepção passa por uma questão de convencimento; f) a realização de aulas práticas no grupo de estudos, em que os docentes avaliaram as aulas ministradas pelos outros integrantes, ampliou as possibilidades de compreensão sobre como fazer; g) os docentes passaram a trabalhar visando ao aprendizado dos alunos, priorizando o conhecimento procedimental do conteúdo; h) a pesquisa-ação, enquanto metodologia de investigação, constituiu-se como uma excelente ferramenta para condução de estudos desta natureza, evidenciando que pode ser útil em pesquisas com outros grupos de docentes, na busca de mudança de concepção a respeito dos conhecimentos procedimentais dos esportes; i) a atuação do pesquisador, na pesquisa-ação, tem grande relevância no processo e constitui-se como um aspecto importante a ser considerado em outras pesquisas com essa característica; j) podem ser apontadas como fontes da transformação da mudança de concepção nesse estudo: a compilação de assuntos pontuais abordados nos encontros, o processo de reflexão crítica, as explicações e demonstrações realizadas pelo pesquisador de forma insistente, com argumentações convincentes, e a vivência prática; k) é possível uma mudança nas concepções e nas formas de os professores de Educação Física ensinarem os esportes com interação entre adversários. Os educadores que atuam sob a ótica do modelo tradicional podem mudar sua capacidade de compreender o fenômeno esportivo. Todavia o empreendimento é longo, trabalhoso e precisa estar bem ancorado em fundamentos teóricos relacionados à dimensão tática, aliando o estudo teórico ao estudo prático e sendo conduzido por pesquisadores com expertise em relação ao tema.
Abstract Teaching sports in school has received great attention from the scientific community. Studies addressing this topic are numerous. However the way the sport has been mostly taught, through a traditional model based on the execution and repetition of motor gestures, has faced difficulties in providing students conditions to perform in a proficient way on a recreational and / or leisure level. From this understanding, it becomes necessary to execute studies aiming on a change in the conception and in the way physical education teachers develop the teaching of sports. Although, little is known about the way, the obstacles and the opportunities for teachers to change their methods of working. Having this context as a reference, this research sought to verify which are the consequences of a collaborative training experience in the conceptions and ways Physical Education teachers teach sports with interaction between opponents. For that, we operated methodologically with making an action research with five teachers who develop teaching of sports in a sportive initiation and training program named Athlete of the Future, from the Industry Social Service of Rio Grande do Sul. The teachers, along with the researcher, formed a study group in order to reflect on the professional routine, studying key issues regarding the teaching of sports, trying to change the way of teaching sportive modalities. From August 2013 to May 2014, 26 study meetings were conducted, being 21 theoretical and five practical. Thus, with teachers were built conditions so they could rethink their teaching performances. The totality of the involved procedures suggests that: a) teachers had a partial view of sport as a cultural phenomenon, because they believed that the performance of students in a sports game depends on innate / natural capacities, and teachers would have little influence in the students’ learning. This understanding initially hindered the process of change, being overcome by the study of topics about sport and the arguments of the researcher; b) participants of this investigation did not know how to develop the teaching of tactical dimension; c) the ability to identify problems in the performance of students is related to how the teacher understands sport. From the moment the educators started to see the teaching process from the view of the tactical approach, they were able to identify difficulties in students’ performances that they did not perceive before; d) the study provided a change in the conception of teaching, but it was not enough to modify the ways teachers act in their classes. To achieve this goal, practical studies were needed; e) as the teachers were presented to evidence the point and demonstrate how to teach, making possible a view of the learning process, they were convinced on this topic. Therefore, the changing of conception is a matter of persuasion; f) conducting practical classes in the study group, where teachers evaluated the lessons taught by the other members, has increased the possibilities of understanding how to do; g) the teachers became to work towards the students learning, emphasizing the procedural knowledge of contents; h) action research, as an investigation methodology, was an excellent tool to conduct such studies, showing that it can be useful in researches with other groups of teachers, seeking to change the conceptions on procedural knowledge of sports; i) the role of the researcher in action research has great relevance in the process and it is established as an important factor to be considered in other studies with this characteristic aspect; j) it can be pointed as sources of conception change in this study: the compilation of specific issues discussed in the meetings, the process of critical reflection, explanations and demonstrations conducted by the researcher in an insistent way, with convincing arguments, and practical experience; k) it is possible a change in the conceptions and in the ways Physical Education teachers teach sports with interaction between opponents. Educators who work from the perspective of the traditional model can change their ability to understand the phenomenon of sports. However the project is long, difficult and needs to be well grounded in theoretical foundations related to tactical dimension, combining the theory to practical study and being conducted by researchers with expertise on the topic.
Resumen La enseñanza del deporte educacional ha recibido gran atención de la comunidad científica. Son muchos los estudios que tratan del tema. Sin embargo, la forma como el deporte ha sido enseñado la mayoría de las veces, a través de un modelo tradicional basado en la ejecución y en la repetición de gestos motores, ha encontrado dificultades en proporcionar a los alumnos condiciones de actuación de una manera competente en un nivel recreativo y/ o de ocio. A partir de esa comprensión, es necesaria la realización de estudios que busquen cambiar la concepción y la manera de los profesores de Educación Física desarrollaren la enseñanza de los deportes. Sin embargo, poco se sabe acerca del camino, de los obstáculos y de las posibilidades para que los docentes cambien su forma de trabajar. En ese contexto, esta investigación buscó verificar cuales son las consecuencias de una experiencia de formación colaborativa, en las concepciones y en las formas de enseñar deportes con interacción entre adversarios de profesores de Educación Física. Para eso, se trabajó metodológicamente con la realización de una investigación-acción, con cinco docentes que desenvuelven la enseñanza de los deportes en un programa de iniciación y formación deportiva llamado “Deportista del Futuro” (Atleta do futuro), del Servicio Social de la Industria del Rio Grande del Sur (Serviço Social da Indústria do Rio Grande do Sul). Los profesores y el investigador constituyeron un grupo de estudios con el objetivo de reflexionar sobre el cotidiano profesional, estudiando temas esenciales acerca de la enseñanza de los deportes, para intentar transformar la manera de enseñar las modalidades deportivas. En el período de agosto de 2013 a mayo de 2014, fueron realizados 26 encuentros de estudios, 21 fueron encuentros teóricos y 5 fueron prácticos. De esa manera, fueron construidas, con los profesores, condiciones para que pudieran repensar sus actuaciones como docentes. El conjunto de los procedimientos involucrados permite afirmar que: a) los profesores tenían una visión “parcial” del deporte, como fenómeno cultural, pues creían que el desempeño de los alumnos en un partido deportivo dependía de la capacidad innata/natural, de manera que el profesor tendría poca influencia en el aprendizaje de los discentes. Esa comprensión, inicialmente, dificultó el proceso de cambio, y fue superada con el estudio de temas sobre el deporte y las argumentaciones del investigador; b) los participantes de esa investigación no sabían cómo desarrollar la enseñanza de la dimensión táctica; c) la capacidad de identificar problemas en la actuación de los alumnos está relacionada a la forma como el profesor comprende el deporte. A partir del momento en que los educadores pasaron a ver el proceso de enseñanza bajo la óptica del abordaje táctica, consiguieron identificar dificultades en el desempeño de los alumnos que no percibían antes.; d) el estudio causó un cambio en la concepción de enseñanza, pero no fue suficiente para que hubiera una transformación en la forma de actuación de los docentes en sus clases. Para alcanzar ese objetivo, fueron necesarios estudios prácticos; e) a medida que los profesores fueron puestos delante de evidencias que muestran y demuestran cómo enseñar, fue posible visualizar el aprendizaje, y ellos se convencieron sobre ese tema. Por lo tanto, el cambio de concepción pasa por la cuestión del convencimiento; f) la realización de clases prácticas en el grupo de estudios, en que los docentes evaluaron las clases impartidas por los otros integrantes, amplió las posibilidades de comprensión sobre el “cómo hacer”; g) los docentes pasaron a trabajar buscando el aprendizaje de los alumnos, priorizando el conocimiento procedimental del contenido; h) la investigación-acción, como metodología de investigación, se constituyó como una excelente herramienta para conducir estudios de esa naturaleza, comprobando que puede ser útil en investigaciones con otros grupos de docentes, en la búsqueda de cambio de concepción sobre los conocimientos procedimentales de los deportes; i) la actuación del investigador, en la investigación-acción, tiene gran relevancia en el proceso y se constituye como un aspecto importante a ser considerado en otras investigaciones con esa característica; j) pueden ser apuntadas como fuentes de la transformación del cambio de concepción en ese estudio: la compilación de asuntos puntuales tratados en los encuentros, el proceso de reflexión crítica, las explicaciones y demostraciones realizadas por el investigador de forma insistente, con argumentaciones convincentes, y la vivencia práctica; k) es posible un cambio en las concepciones y en las formas de los profesores de Educación Física enseñaren los deportes con interacción entre adversarios. Los educadores que actúan según el modelo tradicional pueden cambiar su capacidad de comprender el fenómeno deportivo. Pero el emprendimiento es largo, exige mucho trabajo y debe estar “bien anclado” en fundamentos teóricos relacionados a la dimensión táctica, el estudio teórico debe estar aliado al estudio práctico, y debe ser conducido por investigadores con expertise en relación al tema.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/101487
Arquivos Descrição Formato
000930202.pdf (8.876Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.