Repositório Digital

A- A A+

Social inequalities in neonatal mortality and living condition

.

Social inequalities in neonatal mortality and living condition

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Social inequalities in neonatal mortality and living condition
Outro título Desigualdades sociais na mortalidade neonatal e condição de vida
Autor Gonçalves, Annelise de Carvalho
Costa, Maria da Conceição Nascimento
Paim, Jairnilson Silva
Silva, Ligia Maria Vieira da
Braga, José Uéleres
Barreto, Mauricio Lima
Abstract Objective: To evaluate the association between the spatial distribution of neonatal mortality and living conditions, and to analyze trends in the social inequalities, related to this mortality, in Salvador, Bahia, Brazil, 2000 – 2006. Methods: The city’s Information Zones, the unit of analysis used in this study, were grouped into strata reflecting high, intermediate, low and very low living conditions, based on a living conditions index (LCI). Neonatal mortality rates were calculated for each stratum. Spearman’s correlation, linear regression and relative risks were used in the data analysis. Results: Neonatal mortality in Salvador was found to be associated with living conditions, with risks of 53, 56 and 59% greater, respectively, in the intermediate, low and very low strata, when compared to the high living conditions stratum. Only the intermediate living conditions stratum shows a significant decline in neonatal mortality (β = -0.93; p = 0.039). In the stratum of high living conditions, it was observed a stagnation of this mortality. Conclusions: Poorer living conditions were associated to higher risks of neonatal mortality. The slight decline in social inequalities, found in neonatal mortality, was due to a decline in the intermediate living conditions stratum. Although dependent on the access to quality healthcare services and life support technologies, a more consistent reduction in the neonatal mortality and its associated inequalities will only be achieved when broader-reaching public policies are implemented, improving the living conditions, and mainly focusing on priority groups.
Resumo Objetivos: Avaliar a associação entre distribuição espacial da mortalidade neonatal e condições de vida, e analisar as tendências das desigualdades sociais relacionadas a essa mortalidade, em Salvador, Bahia, Brasil, 2000 – 2006. Métodos: As Zonas de Informação da cidade, a unidade de análise utilizada nesse estudo, foram agrupadas em estratos de alta, intermediária, baixa e muito baixa condições de vida, com base em um Índice de Condições de Vida (ICV). Taxas de mortalidade neonatal foram calculadas para cada estrato. Correlação de Spearman, regressão linear e riscos relativos foram utilizados na análise de dados. Resultados: a mortalidade neonatal em Salvador mostrou-se associada às condições de vida, com risco de 53, 56 e 59% maior, respectivamente, nos estratos intermediários, baixa e muito baixa em comparação com o de alta condição de vida. Somente o estrato de condições de vida intermediário mostrou uma queda significativa na mortalidade neonatal (β = -0,93, p = 0,039). No estrato de condições de vida elevado, observou-se a estagnação desta mortalidade. Conclusões: Piores condições de vida foram associadas a maiores riscos de mortalidade neonatal. A ligeira redução das desigualdades sociais encontradas na mortalidade neonatal foi devida ao declínio na mortalidade do estrato de intermediária condição de vida. Embora dependente do acesso a serviços de qualidade de saúde e tecnologias de suporte à vida, uma redução mais consistente da mortalidade neonatal e das desigualdades só será alcançada quando forem implementadas políticas públicas de mais amplo alcance, melhorando as condições de vida, focalizando, principalmente, em grupos prioritários.
Contido em Revista brasileira de epidemiologia. Rio de Janeiro. Vol. 16, n.3 (2013), p. 682-691
Assunto Condições sociais
Desigualdades sociais
Mortalidade neonatal
[en] Health inequalities
[en] Infant mortality
[en] Mortality
[en] Risk factors
[en] Social conditions
[en] Social conditions
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/101536
Arquivos Descrição Formato
000914592.pdf (157.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.