Repositório Digital

A- A A+

Fatores de risco para multirresistência bacteriana em pneumonias adquiridas no hospital não associadas à ventilação mecânica

.

Fatores de risco para multirresistência bacteriana em pneumonias adquiridas no hospital não associadas à ventilação mecânica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Fatores de risco para multirresistência bacteriana em pneumonias adquiridas no hospital não associadas à ventilação mecânica
Outro título Risk factors for infection with multidrug-resistant bacteria in non-ventilated patients with hospital-acquired pneumonia
Autor Seligman, Renato
Ramos-Lima, Luis Francisco
Oliveira, Vivian do Amaral
Sanvicente, Carina Tôrres
Sartori, Juliana Mastella
Pacheco, Elyara Fiorin
Resumo Objetivo: Identificar fatores de risco para o desenvolvimento de pneumonia adquirida no hospital (PAH), não associada à ventilação mecânica e causada por bactérias multirresistentes (MR). Métodos: Estudo de coorte observacional retrospectivo, conduzido ao longo de três anos em um hospital universitário terciário. Incluímos apenas pacientes sem ventilação mecânica, com diagnóstico de PAH e com cultura bacteriana positiva. Variáveis categóricas foram comparadas por meio do teste do qui-quadrado. A análise de regressão logística foi usada para determinar os fatores de risco para PAH causada por bactérias MR. Resultados: Dos 140 pacientes diagnosticados com PAH, 59 (42,1%) apresentavam infecção por cepas MR. As taxas de mortalidade nos pacientes com cepas de Staphylococcus aureus resistentes e sensíveis à meticilina, respectivamente, foram de 45,9% e 50,0% (p = 0,763). As taxas de mortalidade nos pacientes com PAH causada por bacilos gram-negativos MR e não MR, respectivamente, foram de 45,8% e 38,3% (p = 0,527). Na análise univariada, os fatores associados com cepas MR foram DPOC, insuficiência cardíaca crônica, insuficiência renal crônica, diálise, cateterismo urinário, infecções extrapulmonares e uso de antimicrobianos nos 10 dias anteriores ao diagnóstico de PAH. Na análise multivariada, o uso de antimicrobianos nos 10 dias anteriores ao diagnóstico foi o único fator preditor independente de cepas MR (OR = 3,45; IC95%: 1,56-7,61; p = 0,002). Conclusões: Neste estudo unicêntrico, o uso de antimicrobianos de largo espectro 10 dias antes do diagnóstico de PAH foi o único preditor independente da presença de bactérias MR em pacientes com PAH sem ventilação mecânica.
Abstract Objective: To identify risk factors for the development of hospital-acquired pneumonia (HAP) caused by multidrugresistant (MDR) bacteria in non-ventilated patients. Methods: This was a retrospective observational cohort study conducted over a three-year period at a tertiary-care teaching hospital. We included only non-ventilated patients diagnosed with HAP and presenting with positive bacterial cultures. Categorical variables were compared with chi-square test. Logistic regression analysis was used to determine risk factors for HAP caused by MDR bacteria. Results: Of the 140 patients diagnosed with HAP, 59 (42.1%) were infected with MDR strains. Among the patients infected with methicillin-resistant Staphylococcus aureus and those infected with methicillinsusceptible S. aureus, mortality was 45.9% and 50.0%, respectively (p = 0.763). Among the patients infected with MDR and those infected with non-MDR gram-negative bacilli, mortality was 45.8% and 38.3%, respectively (p = 0.527). Univariate analysis identified the following risk factors for infection with MDR bacteria: COPD; congestive heart failure; chronic renal failure; dialysis; urinary catheterization; extrapulmonary infection; and use of antimicrobial therapy within the last 10 days before the diagnosis of HAP. Multivariate analysis showed that the use of antibiotics within the last 10 days before the diagnosis of HAP was the only independent predictor of infection with MDR bacteria (OR = 3.45; 95% CI: 1.56-7.61; p = 0.002). Conclusions: In this single-center study, the use of broad-spectrum antibiotics within the last 10 days before the diagnosis of HAP was the only independent predictor of infection with MDR bacteria in non-ventilated patients with HAP.
Contido em Jornal brasileiro de pneumologia. Brasília. Vol. 39, n. 3 (maio/jun. 2013), p. 339-348
Assunto Farmacorresistência bacteriana múltipla
Fatores de risco
Infecção hospitalar
Pneumonia
Respiração artificial
[en] Bacterial
[en] Bacterial
[en] Cross infection
[en] Drug resistance
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/101540
Arquivos Descrição Formato
000914712.pdf (186.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.