Repositório Digital

A- A A+

Coberturas vivas extensivas : análise da utilização em projetos na região metropolitana de Porto Alegre e serra gaúcha

.

Coberturas vivas extensivas : análise da utilização em projetos na região metropolitana de Porto Alegre e serra gaúcha

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Coberturas vivas extensivas : análise da utilização em projetos na região metropolitana de Porto Alegre e serra gaúcha
Autor Krebs, Lisandra Fachinello
Orientador Sattler, Miguel Aloysio
Data 2005
Nível Mestrado profissional
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Mestrado Profissional em Engenharia.
Assunto Coberturas verdes
Construção civil : Aspectos ambientais
[en] Civil construction
[en] Environmental sustainability
[en] Green roofs
Resumo Os processos tradicionais de produção na indústria da construção civil estão entre os maiores causadores de impactos ambientais ao planeta. A transformação do ambiente natural em ambiente construído consome consideráveis volumes de recursos naturais não-renováveis, e gera também consideráveis volumes de resíduos. Pesquisas recentes, nacionais e internacionais, têm buscado alternativas construtivas que minimizem esses aspectos negativos, identificando sistemas e técnicas construtivas que diminuam o consumo destes recursos, e que prolonguem o tempo de vida útil dos materiais. As coberturas vivas representam uma opção que, juntamente com outras técnicas, possibilitam uma mudança de paradigmas projetuais. Estas coberturas são uma alternativa construtiva que oferece a possibilidade de utilização de materiais locais, apresentam comprovados benefícios térmicos e acústicos. A possibilidade de utilização de coberturas vivas nas cidades pode promover, também, ganhos na umidificação e filtragem de partículas do ar, e na suavização de um meio térmico fortemente aquecido, sobretudo onde se encontram grandes aglomerações edificadas. A bibliografia existente sobre o assunto é, em sua maioria, estrangeira. O emprego de coberturas vivas em edificações ainda é bastante incipiente no Brasil, o que gera poucos registros de exemplares para pesquisas. Por outro lado, o pouco registro de pesquisas científicas sobre essa tecnologia no Brasil também dificulta sua divulgação e maior utilização, havendo ainda muitos mitos sobre o assunto. Sendo assim, as questões técnicas de desempenho ao longo dos anos e a adaptação às variações climáticas em locais com climas sub-tropicais, como é o caso de Porto Alegre, ainda são raras para quem procura informações sobre o assunto. O trabalho pretende contribuir para verificar a possibilidade de utilização de coberturas vivas na região metropolitana de Porto Alegre e Serra Gaúcha, levantando, registrando e analisando os exemplares existentes. Analisa, também, os benefícios percebidos por profissionais e usuários com seu uso, assim como os cuidados necessários à sua construção e manutenção nestes locais.
Abstract The tradicional production processes in the civil construction industry are among the greatest environmental impact causers in the planet. The transformation of the natural environment into the built environment consumes considerable amouts of non-renewable natural resorces and also generates a great volume of residue. Recent national and international researches have looked for constructive alteratives which could minimize these negative aspects, identifying constructive systems and technics that could diminish these resorces consumtion and lengthen the materials life time. The living roofs represent and option which, along with other technics, provide a change in the projectual paradigms. These roofs are a constructive alternative that offers the posibility of use of local materials, presents proved thermic and acoustic benefits. The possibility of use of living roofs in the cities can also promote gains in the humidification and filtrage of air particules and in the smoothening of a highly warmed thermic surface, specially where there are large built getherings. The existing bibliography about the subject is, mostly, foreign. The applying of living roofs on buildings is still incipient in Brazil, what generates few research sample records. Yet, the few records of cientific research about this technology in Brazil also makes it difficult to be disclosed and to increase its use while there are still a lot of miths about the subject. Therefore, the performance technical issues along the years and the adaptation to climate variations in sub-tropical environments , which is the case of Porto Alegre, are still rare to the ones who search for data about the subject. The study intends to contribute to verification of the living roofs applicability in the metropolitan área of Porto Alegre and in the gaúcha high-lands, retrieving data, registering and analizing the existing samples. It also analizes the benefits recognized by professionals and users, as well as the necessary concerns towards their construction en manteinnance in these places.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/10177
Arquivos Descrição Formato
000563232.pdf (10.66Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.