Repositório Digital

A- A A+

Fibra alimentar : ingestão adequada e efeitos sobre a saúde do metabolismo

.

Fibra alimentar : ingestão adequada e efeitos sobre a saúde do metabolismo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Fibra alimentar : ingestão adequada e efeitos sobre a saúde do metabolismo
Outro título Dietary fiber : adequate intake and effects on metabolism health
Autor Bernaud, Fernanda Sarmento Rolla
Rodrigues, Ticiana da Costa
Resumo Os efeitos positivos da fibra alimentar estão relacionados, em parte, ao fato de que uma parcela da fermentação de seus componentes ocorre no intestino grosso, o que produz impacto sobre a velocidade do trânsito intestinal, sobre o pH do cólon e sobre a produção de subprodutos com importante função fisiológica. Indivíduos com elevado consumo de fibras parecem apresentar menor risco para o desenvolvimento de doença coronariana, hipertensão, obesidade, diabetes e câncer de cólon. O aumento na ingestão de fibras reduz os níveis séricos de colesterol, melhora a glicemia em pacientes com diabetes, reduz o peso corporal e foi associado com menores níveis séricos de proteína C reativa ultrassensível. O maior consumo de fibras e a ingestão de mais fibras do que a atualmente recomendada (14 g/1.000 kcal) poderão trazer maior benefício à saúde, incluindo a redução de processos inflamatórios de baixo grau.
Abstract The positive effects of dietary fiber are related, in part, to the fact that a portion of the fermentation of components takes place in the large intestine, which has an impact on the speed of digestion, pH of the colon, and production of by-products with important physiological functions. Individuals with high fiber intake seem to have lower risk of developing coronary artery disease, hypertension, obesity, diabetes, and colon cancer. The increase in fiber intake reduces serum cholesterol, improves blood glucose in patients with diabetes, reduces body weight, and is associated with lower serum ultrasensitive C-reactive protein. Increased fiber intake and intake of more fiber than the currently recommended level (14 g/1,000 kcal) may provide greater health benefits, including reducing low-grade inflammation.
Contido em Arquivos brasileiros de endocrinologia & metabologia = Brazilian archives of endocrinology and metabolism. Vol. 57, N. 6 (ago 2013), p. 397-405
Assunto Comportamento alimentar
Doença crônica
Fibras na dieta
Inflamação
Ingestão de alimentos
Metabolismo
[en] Chronic disease
[en] Dietary fiber
[en] Inflammation
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/101865
Arquivos Descrição Formato
000907039.pdf (135.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.