Repositório Digital

A- A A+

O Brasil no espelho da China : tendências para o período pós-crise financeira global

.

O Brasil no espelho da China : tendências para o período pós-crise financeira global

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O Brasil no espelho da China : tendências para o período pós-crise financeira global
Outro título Brazil as a mirror of china : new trends afterthe global financial crisis
Autor Cunha, Andre Moreira
Lélis, Marcos Tadeu Caputi
Bichara, Julimar da Silva
Resumo Este trabalho analisa como a reação do governo chinês à crise financeira global afetou a América Latina, particularmente o Brasil. A despeito das intenções de reorientação do seu modelo de crescimento, a resposta chinesa à crise reforçou, pelo menos a curto e médio prazos, a dependência das exportações e dos investimentos. Em um quadro de lenta recuperação das economias centrais, passa ganhar destaque o acesso a mercados mais dinâmicos, como os países emergentes. Assim, para além do papel de fornecedora de recursos naturais, as economias latino-americanas passam a ter uma importância renovada como destino das exportações de manufaturas e capitais chineses. Países com estruturas produtivas mais maduras e diversificadas, como o Brasil, irão deparar-se com o risco de um processo de regressão em seus padrões de especialização.
Abstract This paper analyses how China᾿s response to the global financial crisis (GFC) has affected Latin American countries, particularly Brazil. We argue that, despite the intentions of a growth model re-orientation, Chinese policymakers’ response to the GFC, at least in the short and medium terms, will reinforce the previous reliance on exports and investments. Considering the sluggish recovery in advanced economies, that strategy will amplify Chinese pressures to access dynamic domestic markets in emerging countries. In this context, Latin America will represent not only a source of natural resources, but also an increasingly important market for Chinese manufactured products. As a result, countries with more diverse productive might experience a regressive pattern of specialization.
Contido em Revista de economia contemporânea. Rio de Janeiro. Vol. 16, n. 2 (maio/ago. 2012), p. 208-236
Assunto Brasil
China
Crise financeira internacional
Exportação
Importação
Política econômica
[en] Development
[en] Global financial crisis
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/101960
Arquivos Descrição Formato
000910608.pdf (610.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.