Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da resistência ao deslocamento de pinos intra-radiculares de fibra de vidro : influência dos sistemas adesivos

.

Avaliação da resistência ao deslocamento de pinos intra-radiculares de fibra de vidro : influência dos sistemas adesivos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da resistência ao deslocamento de pinos intra-radiculares de fibra de vidro : influência dos sistemas adesivos
Autor Cabeda, Mariella Falci
Parisotto, Rafael Kliemann
Orientador Samuel, Susana Maria Werner
Co-orientador Jardim, Patrícia dos Santos
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Curso de Odontologia.
Assunto Cimentos
Materiais odontologicos : Adesivos
Materiais odontologicos : Avaliacao
Pinos
[en] Bond strength
[en] Glass fiber post
[en] Push-out test
[en] Resin cement
Resumo A principal falha na cimentação adesiva de pinos de fibra de vidro é o deslocamento do conjunto pino/cimento resinoso. Supõe-se que, o desfavorável fator C no interior do canal, a alta tensão de contração sofrida pelo cimento resinoso sejam um dos fatores que diminuem de resistência de união obtidos entre a dentina e os sistemas adesivos. Este estudo avaliou a resistência ao deslocamento de pinos de fibra de vidro cimentados com cimentos resinosos associados ou não a diferentes tipos de sistemas adesivos dentro de canais radiculares.Os canais radiculares de 40 raízes bovinas foram instrumentados e preparados para receber pinos de fibra de vidro. Estas raízes foram , aleatoriamente separadas em 4 grupos (n=40), de acordo com os seguintes tratamentos: Scotchbond Multiuso Plus (ativador+primer+catalisador) + RelyX ARC (Gapc); Scotchbond Multiuso Plus (primer+adesivo) + RelyX ARC (Gpa); RelyX ARC sem aplicação de sistema adesivo (G0), Single Bond + RelyX ARC (Gsb). Após 48h, as raízes foram cortadas em 8 secções transversais (0,7vmm) até 5 mm aquém do ápice, e submetidas ao ensaio de ―push-out", em máquina de ensaio universal EMIC (1mm/min). Os resultados foram submetidos ao teste de ANOVA de uma via. Os resultados deste estudo mostraram que o uso de sistemas adesivos não aumentou a resistência ao deslocamento de pinos de fibra de vidro cimentados com cimentos resinosos.
Abstract Most clinical failures involving fiber posts occur over time through debonding. It is assumed that, due to the unfavorable factor in the C canal, the high contraction stress experienced by the cement exceeds the values of bond strength obtained between dentin and adhesive systems. This study evaluated the resistance to displacement of glass fiber posts cemented with resin cement associated or not with different types of adhesive systems. Root canals of 40 bovine teeth were instrumented and prepared to receive fiberglass posts. The roots were randomly separated into four groups (n = 10), according to the following treatments: Scotchbond Multipurpose Plus (activator - primer - catalyst) RelyX ARC (Gapc); Scotchbond Multipurpose Plus (primer - bond) RelyX ARC (Gpa); RelyX ARC without adhesive system (G0); Single Bond RelyX ARC (Gsb). After 48 hours the roots were cut into eight transverse sections (0,7 mm), and tested as "push-out" in a universal testing machine EMIC (1mm/min). The results were analyzed by the test one-way ANOVA. The results of the present study are that the use of adhesive systems does not increase the displacement resistance of glass fiber posts cemented with resin cements.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/102187
Arquivos Descrição Formato
000815693.pdf (228.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.