Repositório Digital

A- A A+

Magistrado social? : estudo sociológico do delegado de polícia nos casos de violência doméstica contra a mulher no estado do Rio Grande do Sul

.

Magistrado social? : estudo sociológico do delegado de polícia nos casos de violência doméstica contra a mulher no estado do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Magistrado social? : estudo sociológico do delegado de polícia nos casos de violência doméstica contra a mulher no estado do Rio Grande do Sul
Autor Predebon Junior, Ivanir
Orientador Rojo, Raúl Enrique
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Sociologia.
Assunto Autoridade
Delegados de polícia
Gênero
Mulher
Rio Grande do Sul
Rio Grande do Sul. Polícia Civil.
Violência doméstica
[en] Authority
[en] Civil police
[en] Judicialisation social demands
[en] Police chief officer
[en] The news social functions of the police chief officer
Resumo A crise das figuras de autoridade próprias da sociedade tradicional faz surgir outras figuras sociais de autoridade que vêm preencher o espaço deixado vago. Nesta pesquisa é proposto que o delegado de polícia é uma dessas novas figuras debruçando-se sobre sua intervenção nos casos de violência doméstica contra a mulher. É discutido sobre quais são essas novas atribuições apresentadas ao delegado e posto que tal fato é trazido e fundamentado pelo fenômeno sociológico da jurisdicionalização das demandas sociais. Também se analisa o movimento que tende a institucionalizar esses novos desafios nas funções do delegado e sobre o ponto de visão dele acerca da jurisdicionalização das demandas sociais. Por fim, faz algumas considerações sobre quais são as tendências a partir do que foi exposto.
Abstract The crisis of authority felt by traditional authority beholders, from traditional society, gives rise to other social figures of authority that come on stage to fulfill the space left vacant. This article suggests that the police chief officer is invited to perform a new role in society as one of these new figures bending his intervention in cases of domestic violence against women. It argues over what are these new powers assigned to the police chief officer, and advances a proposition that this occurs as a consequence of the increased judicialisation of social demands as a sociological phenomenon. It also examines the social trend which sets forth pressures for institutionalizing these new challenges as regular functions of the police chief officer and about the view of the police chief officer about the judicialisation of social demands. Finally, it draws some considerations about future tendencies about the sociological phenomenon exposed.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/102197
Arquivos Descrição Formato
000930977.pdf (375.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.