Repositório Digital

A- A A+

A liberdade de escrever em Erico Verissimo : o engajamento pela arte, ou a arte pelo engajamento?

.

A liberdade de escrever em Erico Verissimo : o engajamento pela arte, ou a arte pelo engajamento?

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A liberdade de escrever em Erico Verissimo : o engajamento pela arte, ou a arte pelo engajamento?
Autor Pedroso, Grace Costa
Orientador Lima e Silva, Márcia Ivana de
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Criação literária
Crítica literária
Cultura brasileira
Literatura brasileira
Literatura engajada
Literatura e sociedade
Literatura sul-rio-grandense
Memória
Veríssimo, Érico 1905-1975.
[en] Cambará, Floriano
[en] Engagement
[en] Santiago, Tônio
[en] The task of the writer
Resumo Este trabalho procura estudar qual é o papel do escritor na sociedade segundo o romancista Erico Verissimo. Para tal análise, valemo-nos dos teóricos Sartre, Edward Said, Nicolau Sevcenko, Adorno e Antonio Candido, além das observações feitas a partir das reflexões e as experiências vividas pelo romancista na sua passagem pelos Estados Unidos relatadas em Gato Preto em Campo de Neve e A volta do Gato Preto e, também, os questionamentos feitos pelas personagens Tônio Santiago, de O resto é silêncio e da trilogia O Tempo e o Vento, Floriano Cambará. Em O Arquipélago, Erico problematiza a criação literária e as responsabilidades do escritor. De maneiras diferentes, Verissimo questiona-se sobre qual é a posição do ficcionista, tendo em vista as transformações socioeconômicas e políticas que aconteciam no Brasil e no mundo nas décadas de 1940 e 1950 e suas implicações para o domínio cultural.
Abstract This work intends to study what is the writer‟s task in society according to the author Erico Verissimo. For this analysis, we‟ll use these theorists Sartre, Edward Said, Nicholas Sevcenko, Adorno and Antonio Candido, in addition to the observations made from the reflections we‟ll use his reflections and experiences about the time he stayed in the United States reported in Gato Preto em Campo de Neve and A Volta do Gato Preto and also the questions made by characters Tonio Santiago, in O resto é silêncio and character-narrator of the trilogy O Tempo e o Vento, Floriano Cambará. In O Arquipélago, Erico discusses literary creation and the writer‟s responsibility. In different ways, Verissimo wonders what is the author‟s position considering the socioeconomic and political transformations taking place in Brazil and in the world in the decades of 40 and 50 and also their implications for the cultural field.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/102226
Arquivos Descrição Formato
000922821.pdf (911.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.