Repositório Digital

A- A A+

Efetividade de dois programas de fluoretação de base comunitária na prevenção da cárie dentária em escolares de 12 anos de duas cidades da América do Sul

.

Efetividade de dois programas de fluoretação de base comunitária na prevenção da cárie dentária em escolares de 12 anos de duas cidades da América do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efetividade de dois programas de fluoretação de base comunitária na prevenção da cárie dentária em escolares de 12 anos de duas cidades da América do Sul
Outro título Effectiveness of two community-based fluoridation programs in preventing dental caries among 12-year-old South American schoolchildren
Autor Fabruccini Fager, Anunzziatta Odila
Orientador Maltz, Marisa
Co-orientador Angulo, Marina
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Programa de Pós-Graduação em Odontologia.
Assunto Carie dentaria
Fluor
[en] Community dentistry
[en] Dental caries
[en] Epidemiology
[en] Fluoridation
Resumo Objetivo: O objetivo dessa dissertação foi comparar a efetividade de dois programas de base populacional, água fluoretada (Porto Alegre, Brasil) e sal fluoretado (Montevidéu, Uruguai) na prevenção da cárie dentária em escolares de 12 anos. Métodos: Este estudo baseia-se na comparação dos dados de dois estudos transversais de base populacional realizados com duas amostras representativas de escolares de 12 anos de duas cidades com diferentes fontes de flúor de base populacional: água fluoretada (Porto Alegre) e sal fluoretado (Montevidéu, Uruguai). A coleta de dados foi realizada seguindo o mesmo protocolo. Os exames clínicos foram realizados na escola; os alunos foram submetidos à escovação e uso de fio dental profissional, e o controle da umidade foi realizado com rolos de algodão e gaze. A cárie dentária foi definida e registrada de acordo com o critério da OMS (apenas lesões cavitadas) e o critério da OMS modificado (lesões não-cavitadas ativas e cavitadas). Questionários foram utilizados para coletar dados sobre características sócio-demográficas, escolaridade da mãe, hábitos de higiene oral e outras fontes de fluoretos (dentifrícios e fluoretos de aplicação profissional). Os exames foram realizados por três examinadoras calibradas (Cohen’s Kappa ≥0,7), uma em Porto Alegre e duas em Montevidéu. A associação entre cárie e o programa de fluoretação de base comunitária foi avaliada através de modelos de regressão logística (prevalência) e Poisson (extensão). Odds Ratio (OR), razões de taxas (RT), e seus respectivos intervalos de confiança de 95% (IC) foram estimados e relatados. Resultados: 2.682 escolares foram examinados, sendo 1.528 em POA e 1.154 em Montevidéu. A prevalência de cárie foi similar entre as cidades, independentemente do critério de detecção de cárie utilizado. Quanto à extensão da cárie, o índice CPO-D foi significativamente mais elevado em Montevidéu (2,80, IC 95% = 2,37-3,24) do que em POA (1,96, IC 95% = 1,76-2,16), quando o critério da OMS modificado foi utilizado. Associações significativas entre prevalência / extensão de cárie e o programa de fluoretação de base comunitária foram encontradas. Foi observado um maior risco de cárie em escolares expostos ao sal fluoretado, tanto na análise de prevalência (OR = 1,62, IC 95% = 1,28-2,05) quanto de extensão (RT = 1,33, IC 95% = 1,17-1,51). Associações significativas também foram encontradas quando foi utilizado o critério da OMS modificado. Conclusão: A água fluoretada confere um maior efeito protetor contra a cárie dentária do que o sal doméstico fluoretado entre escolares de 12 anos de idade em duas cidades da América do Sul.
Abstract Objective: To compare the effectiveness of two community-based fluoridation programs, fluoridated water (Porto Alegre, Brazil) and fluoridated salt (Montevideo, Uruguay) in the prevention of dental caries in 12-year-old schoolchildren. Method: This study arises from the comparison of two population-based cross-sectional studies conducted with two representative samples of 12-years-old schoolchildren two cities with different sources of fluoride from community-based programs: fluoridated water (Porto Alegre, Brazil) and fluoridated salt (Montevideo, Uruguay). Data collection was performed following the same protocol. Clinical examinations were conducted at the schools; the schoolchildren were submitted to professional brushing and flossing, and moisture control was performed with cotton rolls and gauze. Dental caries was defined and recorded according to the WHO criteria (cavitated lesions only) and modified WHO criteria (non-cavitated active lesions and cavitated ones). Questionnaires were used to collect data on socio-demographic characteristics, mother’s educational level oral hygiene habitsand other sources of fluorides (dentifrice and professional fluoride application). The examinations were performed by three calibrated examiners (Cohen’s kappa ≥ 0.7), one in Porto Alegre and two in Montevideo. Association between caries and the community-based fluoridation program was evaluated using logistic regression models (caries prevalence) and Poisson (caries extent) regression models. Odds ratios (OR), rate ratios (RR) and their respective 95% confidence intervals (CI) were estimated and reported. Results: 2,682 schoolchildren were examined, being 1,528 from POA and 1,154 from Montevideo. Caries prevalence was similar between cities irrespective of the detection criteria. Regarding caries extent, a significantly higher DMF-T index was found in Montevideo (2.80, 95 % CI = 2.37-3.24) than in POA (1.96, 95 % CI = 1.76-2.16), when the modified WHO criteria were used. Significant associations between the prevalence / extent of caries and the community-based fluoridation program were found. A higher caries risk was observed in schoolchildren exposed to fluoridated salt both in prevalence (OR = 1.62, 95 % CI = 1.28 – 2.05) and extent analysis (RR = 1.33, 95 % CI = 1.17 to 1.51). Significant associations were also found when the modified WHO criterion was used. Conclusion: Fluoridated water conferred a greater protective effect against dental caries than fluoridated household salt among South American 12-year-old schoolchildren.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/102538
Arquivos Descrição Formato
000916425.pdf (2.357Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.