Repositório Digital

A- A A+

Análise sismo-estratigráfica na seção rifte da Bacia de Santos

.

Análise sismo-estratigráfica na seção rifte da Bacia de Santos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise sismo-estratigráfica na seção rifte da Bacia de Santos
Autor Ramirez, Andrea Fabiola Arias
Orientador Goldberg, Karin
Co-orientador Küchle, Juliano
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Estratigrafia
Santos, Bacia de
Sismoestratigrafia
Resumo Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a evolução estrutural e estratigráfica, e os controles deposicionais da seção rifte da Bacia de Santos através de um estudo sismoestratigráfico. Considerando o meio-gráben como a unidade fundamental na análise de bacias tipo rifte e utilizando dados sísmicos 2D, foi realizada a interpretação dos refletores sísmicos. Como resultado, foi obtida a definição de dezesseis unidades sismoestratigráficas e quatro sismofácies (incluindo o sag), e com isto o desenvolvimento das cartas cronoestratigráficas de eventos adaptadas para o contexto sísmico. Com base na adaptação do modelo de padrões de empilhamento para mudanças na atividade tectônica, foram delimitados os tratos de sistemas tectônicos de início de rifte, de alta atividade tectônica, de baixa atividade tectônica e o pós-rifte, representado pelo sag. O desenvolvimento de cada um dos tratos respondeu a variações dos fatores controladores das bacias lacustres, interpretado como o balanço relativo entre as taxas de mudanças do espaço de acomodação gerado pela tectônica e o aporte sedimentar influenciado pelo clima.
Abstract This work was done with the objective of evaluating the structural and stratigraphic evolution, and depositional controls of the rift section in the Santos Basin through a seismic stratigraphic study. Considering the half graben as the fundamental unit in rift basins, a 2D seismic analysis was carried out, with seismic reflectors interpretation. The result was the definition of sixteen seismic stratigraphic units, four seismic facies (including the sag), and with it the development of chronostratigraphic charts of events adapted to the seismic context. Based on the adaptation of the stacking patterns model to tectonic activity changes model, it was possible to delimite the rift initiation system tracts, the high tectonic activity system tract, the low tectonic activity system tract and the post-rift, represented by the sag. The development of each tectonic system tract responds to variations in controlling factors of lacustrine basin, interpreted as the relative balance between the rate changes in the accommodation space generated by tectonic and sediment supply influenced by climate.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/102609
Arquivos Descrição Formato
000935620.pdf (4.582Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.