Repositório Digital

A- A A+

Análise da estrutura populacional e estimativa de parâmetros genéticos para medidas de desempenho esportivo na modalidade salto de cavalos da raça brasileiro de hipismo.

.

Análise da estrutura populacional e estimativa de parâmetros genéticos para medidas de desempenho esportivo na modalidade salto de cavalos da raça brasileiro de hipismo.

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise da estrutura populacional e estimativa de parâmetros genéticos para medidas de desempenho esportivo na modalidade salto de cavalos da raça brasileiro de hipismo.
Autor Medeiros, Bethânia da Rocha
Orientador Pimentel, Concepta Margaret McManus
Co-orientador Garbade, Petra
Data 2014
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Medicina Animal: Equinos.
Assunto Desempenho animal
Equinos : Esporte
Hipismo
Parâmetros genéticos
Raça Brasileiro de Hipismo
Reproducao animal : Equinos
Saltos
[en] Brazilian sport horse
[en] Equine
[en] Genetic parameters
[en] Show jumping
[en] Sport
Resumo A raça Brasileiro de Hipismo (BH) consiste em uma população aberta, selecionada para a modalidade Salto, entre outros esportes equestres. Os objetivos deste estudo consistiram na pesquisa de parâmetros genéticos para características avaliadas subjetivamente durante a Aprovação de Garanhões, e suas correlações genéticas com medidas de desempenho esportivo em competições de salto. A estimativa de indicadores de variabilidade genética e descrição da contribuição individual dos ancestrais de maior importância para a geração atual da raça foi também realizada. Três bancos de dados foram utilizados: um com informações genealógicas de 34.393 animais (PEDIGREE); o segundo com avaliações subjetivas das características morfológicas e funcionais de 294 cavalos (APROVAÇÃO) e o terceiro com 54.852 resultados de competições de salto de 1.596 animais (DESEMPENHO). A análise de PEDIGREE foi realizada duas vezes: para a subpopulação de cavalos nascidos até 1995 (ANTERIOR) e para aquela nascida nos últimos 15 anos (15ANOS) representando a geração atual; e permitiu a estimativa dos parâmetros: endogamia (F) individual e média, tamanho efetivo da população (Ne), número efetivo de fundadores (fe), número efetivo de ancestrais (fa) e número de fundadores genoma equivalentes (fg). A análise conjunta das três bases de dados permitiu a estimação de parâmetros genéticos e correlações genéticas entre os aspectos funcionais avaliados subjetivamente em APROVAÇÃO com os resultados de competições oficiais: classificação em cada percurso de salto executado (CLASSI) e pontuação final resultante de cada classificação (PONTF). Os componentes de (co)variância foram obtidos com a aplicação do Modelo Animal, via metodologia de Máxima Verossimilhança Restrita Livre de Derivadas. O parâmetros Ne estimado por aumento na coancestria foi igual a 188.59 (±3.24). O parâmetro fe foi estimado em 466 e 222 para ANTERIOR e 15ANOS; fa representou o número de ancestrais igual a 274 e 129, respectivamente. A diferença encontrada em fe e fa para ANTERIOR e 15ANOS indicou a perda de alelos originais. O aumento na contribuição de alguns fundadores informou a preferência dos criadores por algumas linhagens, sem impactos negativos sobre os níveis de endogamia. As estimativas de herdabilidade (h²) foram de maior magnitude para as características avaliadas em APROVAÇÃO; particularmente para temperamento (h²=0,43), conformação de dorso-lombo (h²=0,42) e de casco (h²=0,40). Em menor grau, foram importantes para outras características morfológicas como: membro anterior (h²=0,37), cabeça-pescoço (h²=0,36), garupa (h²=0,32), aprumos dinâmicos (h²=0,32) e peito-tórax-ventre (h²=0,30). As características funcionais de maior herdabilidade e com correlações genéticas (ϒg) favoráveis com resultados de competição esportiva foram: passo (h²=0,36), mecânica de posteriores no salto (h²=0,36) e galope (h²=0,35). As estimativas para CLASSI (h² entre 0,00 e 0,09) e PONTF (h² entre 0,07 e 0,67) indicaram grande variação ambiental e possibilidade de redução da mesma com a utilização de resultados de eventos específicos, voltados para cavalos com idades padronizadas. As avaliações subjetivas do salto com potencial de resposta favorável à seleção indireta para PONTF, e sem prejuízos à CLASSI, foram elencadas em ordem de importância: potência (ϒg=1,00), mecânica de membros posteriores (ϒg=0,39), respeito (ϒg=0,20), e regularidade (ϒg=0,08). As estimativas de herdabilidade e correlações genéticas obtidas permitem o direcionamento futuro de um programa de seleção baseado em valores genéticos e critérios passíveis de maior resposta à seleção.
Abstract Brasileiro de Hipismo (BH) represents an open population under selection for show jumping and other equestrian sports. The objectives of this study consisted in the estimation of genetic parameters for traits evaluated subjectively during the Stallion’s Approval procedure, and their genetic correlations with measures performance in jumping competitions. Indicators of genetic variability and the individual contribution of the most important ancestors for the current generation were also estimated. Three databases were used: one with genealogical information on 34,393 animals (PEDIGREE); the second with subjective assessments of morphological and functional characteristics on 294 horses (APPROVAL) and the third with 54,852 results of jumping competitions on 1,596 horses (PERFORMANCE). PEDIGREE analysis was performed twice: for the subpopulation of horses born until 1995 (PREVIOUS) and the subpopulation of horses born in the last 15 years (15YEARS), representing the current generation. The following parameters were estimated: individual and average inbreeding (F); effective population size (Ne), effective number of founders (fe), effective number of ancestors (fa) and number of founder genome equivalents (fg). Heritability (h²) was estimated for the available traits, as well as genetic correlations between those subjectively evaluated in APPROVAL with the classification in each competition (CLASSI) and the points resulting from each classification (PONTF) in PERFORMANCE. The (co)variance components were estimated by applying the Animal Model, via Derivative-Free Restricted Maximum Likelihood methodology. Phenotypic relationships between the APPROVAL traits and PERFORMANCE were also described. Ne estimated by increase in coancestry was equal to 188.59 (± 3:24). fe was estimated at 466 and 222 for PREVIOUS and 15YEARS subpopulations; fa was equal to 274 and 129, respectively. The difference in fe and fa from PREVIOUS to 15YEARS indicated a loss of alleles. The increase in the contribution of some founders represented the breeder’s preference for some strains, without negative impacts on inbreeding levels. Estimates of heritability (h²) for each trait were greater for the traits evaluated in APPROVAL; particularly for temperament (h²=0,43), conformation of the back (h²=0,42) and hooves (h²=0,40). Additive genetic variance was also important for some other morphological characteristics including: forelimb (h²=0,37), head-neck (h²=0,36), rump (h²=0,32), pace correctness (h²=0,32) and chest-thorax-abdomen (h²=0,30). The functional traits of greater heritability and favorable genetic correlation (ϒg) with jumping performance in competitions (PONTF) were: walk (h²=0,36), hind limbs mechanics during jumping (h²=0,36) and canter (h²=0,35). Estimates for CLASSI (h² from 0,00 to 0,09) and PONTF (h² entre 0,07 e 0,67) indicated strong environmental influence. As lower heritabilities were estimated for performance in competitions with high environmental variation the possibility of reduction of such variation was demonstrated by including exclusively results from specific competitions designed for young horses. Subjective assessments for jumping potential which could provide a favorable response to indirect selection for PONTF, were listed in order of importance: power (ϒg=1,00), hind limbs mechanics during jumping (ϒg=0,39), respect (ϒg=0,20), and regularity (ϒg=0,08). Estimates obtained of heritability and genetic correlations should allow for the future direction of a selection program based on breeding values and scientific criteria.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/102612
Arquivos Descrição Formato
000935231.pdf (1.257Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.