Repositório Digital

A- A A+

Sobre correlações, volatilidades e aplicações do modelo Black-Scholes no mercado brasileiro de opções : uma análise do comportamento sobre dados intradiários

.

Sobre correlações, volatilidades e aplicações do modelo Black-Scholes no mercado brasileiro de opções : uma análise do comportamento sobre dados intradiários

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sobre correlações, volatilidades e aplicações do modelo Black-Scholes no mercado brasileiro de opções : uma análise do comportamento sobre dados intradiários
Autor Ravazio, Vinícius
Orientador Galli, Oscar Claudino
Data 2006
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Especialização em Mercado de Capitais.
Assunto Investimentos : Administracao financeira
Mercado de capitais
Modelos matemáticos
Risco financeiro
[en] Black-scholes
[en] Derivatives
[en] Greeks
[en] Options
[en] Volatility
Resumo O mercado de derivativos financeiros desenvolveu-se fortemente a partir da década de setenta com a exploração de modelos matemáticos e a evolução dos recursos computacionais. O modelo mais utilizado desde então é conhecido por Black-Scholes, exposto em 1973, que proporcionou relativa facilidade para avaliar opções sobre ações, sendo precursor de diversos outros estudos na área de derivativos. Ao longo do tempo, a modelagem estatística e matemática com o objetivo de criar estratégias operacionais cada vez mais complexas trouxe, também, novas dificuldades, como a estimação da volatilidade. O estudo da volatilidade implícita e como esta pode influenciar o comportamento futuro das estratégias tem se tornado grande campo de estudos nos últimos anos. Ainda, o estudo das chamadas “gregas” das opções – delta, gama, teta, vega e rô – ajuda a entender o comportamento das opções frente à diversas variáveis do mercado, proporcionando ao trader valiosas informações sobre os riscos inerentes às operações com derivativos.
Abstract The market of financial derivatives was developed strong from the decade of seventy with the exploration of mathematical models and evolution of the computational resources. The most used model since then is known by Black-Scholes, showed in 1973, that it provided relative facility to evaluate options on action, being precursory of diverse other studies in the area of derivatives. Throughout the time, the modeling statistics and mathematics with the objective to create more complex operational strategies each time brought, also, new difficulties, as the volatility. The study of implicit volatility and how it can influence the future behavior of the strategies become great field of studies in recent years. Still, the study of the “Greeks” of the options - delta, gamma, theta, vega and rho - help to understand the behavior of the options front to the diverse variable of the market, providing trader valuable information on the inherent risks to the operations with derivatives.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/103197
Arquivos Descrição Formato
000590347.pdf (622.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.