Repositório Digital

A- A A+

Jud süss : estetização da política antissemita na Alemanha nazista

.

Jud süss : estetização da política antissemita na Alemanha nazista

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Jud süss : estetização da política antissemita na Alemanha nazista
Autor Gonzales, Gerda Arns
Orientador Silva, Alexandre Rocha da
Co-orientador Leites, Bruno Bueno Pinto
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Comunicação Social: Habilitação em Propaganda e Publicidade.
Assunto Nazismo
Propaganda política
[en] Advertising and propaganda
[en] Cinema
[en] German ministry of propaganda
[en] Jud Süss
[en] Nazi regime
[en] Nazism
[en] Third reich
Resumo Este trabalho abordou a apropriação do cinema para estetização da política na Alemanha durante o Terceiro Reich, utilizando para tanto o conceito de estetização da política, de Walter Benjamin. Pretendeu-se identificar de que forma o Ministério da Propaganda Alemã fez uso dos recursos cinematográficos para propagar o ideal antissemita do regime nazista. Como objeto de estudo, adota-se o filme Jud Süss, de 1940, dirigido por Veit Harlan. Através da observação do filme foi possível conhecer características de estetização da política em 4 eixos de análise: a descrição dos judeus, a sexualidade desviante, o desejo pela mistura e a segregação como única solução possível para o povo judeu. Todos eles se coadunaram com o projeto político do estado nazista naquele momento histórico específico, qual seja, a preparação para o início do Holocausto.
Abstract This paper aimed to address the issue of ownership of the cinema to aestheticization of politics – according to the concept of aesthetics of Walter Benjamin addressed policy in the 1930s – in the context of Germany during the Third Reich. It was intended to identify how the German Ministry of Propaganda made use of film resources to propagate the ideal of anti-Semitic Nazi regime. To this end, this monograph has as its object of study the film Jud Süss, 1940, directed by Veit Harlan. Through observation of the film, it was possible to recognize features of aestheticization of politics in four angles: the description of the Jews, the deviant sexuality, desire by mixing breeds and segregation as the only possible solution. All these criteria were consistent with the political project of the Nazi state in that particular historical moment: the preparation for the start of the Holocaust.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/103449
Arquivos Descrição Formato
000933971.pdf (1.507Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.