Repositório Digital

A- A A+

Avaliação de resultados da psicoterapia psicanalítica em um serviço de atendimento de Porto Alegre

.

Avaliação de resultados da psicoterapia psicanalítica em um serviço de atendimento de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação de resultados da psicoterapia psicanalítica em um serviço de atendimento de Porto Alegre
Autor Jung, Simone Isabel
Orientador Eizirik, Claudio Laks
Co-orientador Nunes, Maria Lucia Tiellet
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas : Psiquiatria.
Assunto Porto Alegre (RS)
Psicoterapia
Serviços comunitários de saúde mental
Resumo Introdução: A avaliação da efetividade das psicoterapias teve seu início com o próprio Freud, através do estudo de caso único, no seu trabalho Estudos sobre a Histeria. Desde esta época até nossos dias, a pesquisa psicanalítica tem aprimorado sua metodologia e ampliado, significativamente, o número de estudos. No entanto, o número de pesquisas de resultados ainda é reduzido, principalmente na América Latina. Objetivos: Esta dissertação tem como objetivo geral avaliar a efetividade da psicoterapia psicanalítica, em pacientes adultos, que realizaram psicoterapia em um serviço de atendimento comunitário de Porto Alegre, através da opinião de experts e a dos próprios pacientes. Examinar a correlação entre a duração do tratamento e o resultado e entre a opinião dos pacientes e a de experts em psicoterapia psicanalítica, foram os objetivos específicos. Metodologia: A amostra foi constituída por 34 pacientes que terminaram seus tratamentos entre dezembro de 1999 e julho de 2005 e, no mínimo, seis meses antes da inclusão na pesquisa: Grupo 1- 17 pacientes que realizaram tratamento por até 11 meses e Grupo 2- 17 pacientes com um ano ou mais de psicoterapia. Os instrumentos utilizados foram: entrevista semiestruturada, questionário de efetividade e escala de avaliação global do funcionamento (GAF). Experts independentes aplicaram a GAF na entrevista inicial (encontrada dialogada no arquivo da instituição) e na entrevista de seguimento (realizada pela mestranda, sendo audiogravada e, posteriormente, transcrita). Resultados: Os pacientes melhoraram significativamente seu funcionamento global, comparando a avaliação inicial e de seguimento da psicoterapia (p < 0,001), independentemente do grupo de tratamento. Pacientes e experts avaliaram o tratamento psicoterápico de forma satisfatória. Entretanto, a opinião dos experts não apresentou correlação com a opinião dos pacientes investigados. Conclusões: A psicoterapia psicanalítica foi efetiva na amostra estudada. A duração da psicoterapia, analisada, isoladamente, não é um fator decisivo para o resultado do tratamento, isto é, outros fatores também devem ser considerados na avaliação de resultados, como a relação terapêutica, a qualidade das relações objetais, o potencial auto-reflexivo e a reação às interpretações. Constatou-se que a maioria dos pacientes ficam satisfeitos com resultados em um tempo menor do que aquele que seus psicoterapeutas considerariam ideal. Investigar é um dos nossos desafios como profissionais em saúde mental, independentemente do alcance, limites e dificuldades em pesquisar sobre a efetividade dos tratamentos
Abstract Introduction: Psychotherapy effectiveness started to be assessed by Freud, in a single case study in his work Studies in Hysteria. Since then, psychoanalytical research has improved its methodology and the number of studies expanded significantly. However, the number of research results is still small, particularly in Latin America. Objectives: The overall purpose of this dissertation is to assess the effectiveness of psychoanalytic psychotherapy (PP) in adult patients who did psychotherapy in a community health center in Porto Alegre through the opinion of expert raters and patients. The specific goals were to assess the relationship between length of treatment and result and between patients’ and experts’ opinion about PP. Methods: The sample was made up of 34 patients who ended their treatments between December 1999 and July 2005 and, at least, six months before their inclusion in the research: Group 1 – 17 patients treated for up to 11 months and Group 2 – 17 patients who underwent psychotherapy for one year or longer. Instruments used were: semi-structured interview, effectiveness questionnaire and global assessment of functioning scale (GAF). Independent experts administered the GAF to the initial interview (at the Institution’s files) and in the follow-up interview (conducted by the main author), the interview was tape-recorded and later transcribed. Results: Patients improved their global functioning significantly when comparing the initial assessment and the psychotherapy follow-up (p < 0.001), regardless of the treatment group. Patients and experts considered psychotherapy satisfactory. However, the experts’ opinion did not relate to patients’ opinion, thus showing a discrepancy among them regarding the specific opinion on each case. Conclusions: Psychoanalytical psychotherapy was effective in the sample studied. Length of psychotherapy, when assessed alone, is not a decisive factor for treatment result, i.e., other factors should also be taken into account when assessing results, such as therapeutic relationship and the quality of object relations the self-awareness potential and reaction to interpretations. Most patients were found to be satisfied with results in a shorter time than their psychotherapists would consider optimal. Investigation is one of the challenges facing mental health professionals, regardless of the reach, limits and difficulties in doing research on treatment effectiveness.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/10361
Arquivos Descrição Formato
000597077.pdf (922.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.