Repositório Digital

A- A A+

Arquitetura bancária gaúcha nos anos 70 : a influência brutalista

.

Arquitetura bancária gaúcha nos anos 70 : a influência brutalista

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Arquitetura bancária gaúcha nos anos 70 : a influência brutalista
Autor Petroli, Marcos Amado
Orientador Luccas, Luis Henrique Haas
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pesquisa e Pós-Graduação em Arquitetura.
Assunto Arquitetura moderna
Bancos
Brutalismo arquitetonico
Cidades : Porto Alegre (RS)
Cidades : Rio Grande do Sul
[en] Brutalism
[en] Modern banking architecture
[en] Seventies
Resumo A presente dissertação de mestrado busca reconhecer e analisar a arquitetura bancária do Rio Grande do Sul – destacadamente de Porto Alegre –, influenciada pelo que se convencionou como Brutalismo; uma produção que se concentrou nos anos setenta, mas atingiu parcialmente as décadas adjacentes. Entre as características próprias desta vertente, destacam-se a franca exposição do concreto aparente, a monumentalização da estrutura como geratriz da forma e o alto teor artesanal presente – tanto no projeto quanto na execução dessas edificações –. Merece destaque, também, a contraposição existente entre essa última característica apontada e a ênfase freqüente na industrialização e nos seus respectivos componentes seriais. O trabalho ainda investiga algumas questões-chave do Brutalismo, pertinentes à categorização da produção local. Contextualiza a experiência como parte do fenômeno da expansão bancária em âmbito nacional, examinando a evolução das edificações específicas do programa dentro do contexto mais amplo de manifestações influenciadas pelo Brutalismo na capital gaúcha. E procura estabelecer um balanço da experiência, analisando as principais influências externas detectáveis e os desdobramentos autóctones desta produção.
Abstract This dissertation aims to recognize and to analyze the banking architecture in Rio Grande do Sul - notably in Porto Alegre - characterized by the influence of what is known as Brutalism. This production was concentrated in the seventies, but partially reached the adjacent decades. Among the common characteristics attributed to this banking architecture, it’s important to highlight the exposure of raw concrete, the monumentalized structure as the main generator of the form and the high artisanal level present – both in design and in execution of these buildings –. Deserves mention as well the existing contrast between the last feature pointed and the frequent emphasis on industrialization and on its respective standard components. The paper also investigates some key-issues of Brutalism, relevant to the categorization of local production. Besides, it contextualizes this experience as a part of the bank expansion phenomenon nationwide, examining the evolution of the specific building program within the broader context of events influenced by Brutalism in Porto Alegre. And finally, this dissertation seeks to establish a balance of the local experience, analyzing the main detectable external influences and native developments of the production.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/104085
Arquivos Descrição Formato
000937987.pdf (15.83Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.