Repositório Digital

A- A A+

O cuidado em saúde mental na internação psiquiátrica : percepção dos familiares

.

O cuidado em saúde mental na internação psiquiátrica : percepção dos familiares

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O cuidado em saúde mental na internação psiquiátrica : percepção dos familiares
Outro título El cuidado en salud mental en la internación psiquiátrica : percepción de los familiares
Autor Duarte, Maria de Lourdes Custódio
Thomas, Juciléia
Olschowsky, Agnes
Resumo Este estudo busca analisar as percepções dos familiares sobre o cuidado em saúde mental realizado na internação psiquiátrica. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, realizada em uma unidade de internação psiquiátrica de um hospital universitário com cinco familiares que participavam do Grupo de Família. Adotou-se o referencial de análise temática para apreciação crítica dos resultados, emergindo a categoria O cuidado em saúde mental. O cuidado é percebido pelos familiares por meio do Acolhimento, do Acesso à Informação, da Melhora no Autocuidado, da Ingesta da Medicação e dos Grupos de Famílias, ofertados pela unidade. Conclui-se que o cuidado em saúde mental aponta a família como parceira em ações de saúde integrais mais efetivas, exigindo do enfermeiro maior aproximação e disponibilidade para esse atendimento.
Resumen Este estudio busca analizar las percepciones de los familiares acerca del cuidado en salud mental realizado en la internación psiquiátrica. Es una investigación cualitativa, realizada en una unidad de internación psiquiátrica de un hospital universitario con cinco familiares que participaban del Grupo de Familia. Fue adoptado el referencial de análisis temático para apreciación crítica de los resultados, surgiendo la categoría El cuidado en salud mental. El cuidado es percibido por los familiares por medio del Acogimiento, del Acceso a Información, de la Mejora en el Autocuidado, de la Administración de la Medicación y de los Grupos de Familias ofrecidos por la unidad. Se concluye que el cuidado en salud mental apunta la familia como compañera en acciones de salud integrales más efectivas, exigiendo del enfermero mayor aproximación y disponibilidad para ese atendimiento.
Abstract This study seeks to analyze the perceptions of family members regarding the mental health care provided during psychiatric inpatient treatment. This is a qualitative study, undertaken in a psychiatric inpatient center in a university hospital, with five family members who participated in the Family Group. The framework of thematic analysis was adopted for critical appreciation of the results, with the category The care in mental health emerging. The care is perceived by the family members through Embracement, Access to Information, Improvement in Self-care, the Taking of Medication, and through the family groups offered by the center. It is concluded that the mental health care indicates the family as a partner in the most effective comprehensive health actions, this attendance requiring greater closeness and availability of the nurse.
Contido em Cogitare enfermagem. Curitiba. Vol. 19, n. 1 (jan./mar. 2014), p. 249-262
Assunto Assistência em saúde mental
Enfermagem psiquiátrica
Saúde mental
Serviços de saúde mental
[en] Family
[en] Mental health
[en] Mental health care
[en] Mental health services
[es] Asistencia en salud mental
[es] Familia
[es] Salud mental
[es] Servicios de salud mental
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/104233
Arquivos Descrição Formato
000916191.pdf (259.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.