Repositório Digital

A- A A+

Memória na ponta dos dedos : sistematização de práticas de teatro com surdos

.

Memória na ponta dos dedos : sistematização de práticas de teatro com surdos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Memória na ponta dos dedos : sistematização de práticas de teatro com surdos
Autor Somacal, Adriana de Moura
Orientador Nunes, Silvia Balestreri
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas.
Assunto Cultura surda
Língua de sinais
Signatores.
Surdez
Teatro
Teatro com surdos
[en] Deaf
[en] Deaf culture
[en] Deafhood
[en] Drama
[en] Education
[en] Methodology
[en] Signatores
[en] Sign language
[en] Theater with deaf people
Resumo A pesquisa propõe uma investigação sobre os processos de construção da linguagem teatral com surdos usuários da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS). As questões que norteiam o trabalho são: como estruturar uma metodologia de teatro para surdos? Como construir cenas em LIBRAS? Quais são os processos da sala de aula para a elaboração de uma peça de teatro com surdos? Podemos encontrar na Língua de Sinais um potencial cênico capaz de ampliar as formas de comunicação, proporcionando ao ator ferramentas para uma dramaturgia corporal em que o gesto se torna elemento gramatical e a palavra é corporificada. Com caráter teóricoprático, esta é uma pesquisa-ação que tem como principal objetivo sistematizar práticas teatrais com surdos a partir da análise das atividades propostas nas Oficinas de Teatro para Surdos oferecidas pelo Grupo de Pesquisa Teatral Signatores (Porto Alegre/RS), utilizando como base o trabalho metodológico dos autores Viola Spolin e Augusto Boal. O Signatores é formado por pesquisadores ouvintes e surdos e tem como objetivo investigar as possibilidades de criação artística e cultural de jovens e adultos surdos. Com esta pesquisa, pretende-se contribuir na construção de novos entendimentos sobre as expressões culturais da comunidade surda, entendendo que esses aspectos podem ser utilizados por qualquer sujeito, surdo ou ouvinte, com o interesse de expressar-se através do teatro.
Abstract This research investigates the processes of construction of dramatic language with deaf people using the Brazilian Sign Language (LIBRAS). The questions that have guided this study are the following: how can a drama methodology be designed for the deaf? How can scenes be constructed in LIBRAS? What are the classroom processes involved in a play with deaf actors? Sign Language is likely to have a scenic potential to enhance communication means, thus providing the actors with tools for a body drama in which gestures become grammatical elements and words are embodied. With a theoretical-practical perspective, this action-research aims at systematizing drama practices by analyzing the activities proposed in Drama Workshops for Deaf offered by Signatores Drama Research Group (Porto Alegre/ RS), using authors such as Viola Spolin and Augusto Boal as a basis for the methodological work. Signatores is composed of hearing and deaf researchers and aims at investigating the possibilities of cultural and artistic creation by deaf adults and youths. This research is intended to contribute to the construction of new understandings of the cultural expressions of the deaf community, by understanding that these features can be used by any subject, either deaf or hearing, who is interested in expressing himself or herself through drama.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/104546
Arquivos Descrição Formato
000941169.pdf (2.684Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.