Repositório Digital

A- A A+

Trajetória do estudante no curso noturno de odontologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul : perfil do ingressante, situação acadêmica e motivos de retenção e evasão

.

Trajetória do estudante no curso noturno de odontologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul : perfil do ingressante, situação acadêmica e motivos de retenção e evasão

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Trajetória do estudante no curso noturno de odontologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul : perfil do ingressante, situação acadêmica e motivos de retenção e evasão
Autor Souza, Juliana Maciel de
Orientador Toassi, Ramona Fernanda Ceriotti
Data 2014
Nível Mestrado profissional
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ensino na Saúde.
Assunto Educação em odontologia
Educação superior
Evasão escolar
[en] Education dental
[en] Education higher
[en] Student dropouts
Resumo Introdução: A organização e a oferta do ensino superior têm passado por intensas transformações, contemplando a ampliação de vagas em cursos oferecidos nas instituições públicas de ensino superior. Mas, o sucesso na universidade não se restringe ao acesso à vaga, passa também pela permanência no curso e sua conclusão. Objetivo: Analisar a trajetória acadêmica do estudante do curso noturno de Odontologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), por meio da caracterização do perfil do estudante, situação acadêmica e compreensão dos motivos de retenção e evasão. Percurso metodológico: Estudo de caso predominantemente qualitativo, cujo campo de investigação foi o curso noturno de graduação em Odontologia da UFRGS. A coleta de dados aconteceu em três momentos: questionário semiestruturado para caracterizar o perfil sociodemográfico do ingressante, sua opção pela profissão e expectativas em relação ao curso (n=118); análise documental do histórico escolar dos estudantes que ingressaram no curso noturno de Odontologia para verificar sua situação acadêmica (n=121); entrevistas semiestruturadas com os estudantes em situação de retenção e evasão (n=16), e com os professores das disciplinas do curso em que houve a reprovação (n=8). O tamanho da amostra foi definido pelo critério da saturação. Os dados objetivos foram digitados no software IBM SPSS Statistics versão 18.0 para Windows e analisados por meio da distribuição de frequências. Já os dados qualitativos foram gravados em equipamento digital, transcritos e importados para o software ATLAS.ti, sendo interpretados pela análise temática de conteúdo de Bardin. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade. Resultados: O perfil do estudante que ingressou no curso noturno, em sua maior parte, é de jovens, do sexo feminino, solteiro, com formação básica em escola pública e que trabalha. Esses estudantes sentiam-se seguros ou completamente seguros pela escolha profissional e seus principais motivos para esta escolha foram a ‘realização pessoal e profissional’, ‘segurança e tranquilidade no futuro, posição social e conforto financeiro’ e ‘interesse em atuar na comunidade’. As expectativas mais citadas em relação ao curso foram encontrar ‘uma formação qualificada’, 'realização profissional’ e ‘realização pessoal/de um sonho/vocação’. Sobre a situação acadêmica, 40,4% dos estudantes encontrava-se fora da seriação aconselhada (retenção), principalmente por reprovação ou associação entre reprovação e trancamento de matrícula. O percentual de evasão foi de 19,9% e a maioria dos estudantes que saiu do curso noturno optou por seguir o curso diurno de Odontologia da UFRGS. Dentre os motivos que levaram à evasão e retenção no curso, estudantes e professores destacaram questões relacionadas à chegada e adaptação do estudante no curso, conciliação entre estudo e trabalho, vivências de sala de aula, o processo de avaliação da aprendizagem, o lugar da instituição de ensino no desempenho dos estudantes (organização de horários, matrícula anual, integração entre curso diurno e noturno) e o tempo de duração do curso. Considerações finais: O curso noturno de Odontologia da UFRGS está inserido no contexto da política de expansão e reestruturação do ensino superior (REUNI). É um curso recente, que ainda não possui nenhuma turma de concluintes e a trajetória acadêmica de seus estudantes está sendo construída a cada semestre. A adaptação no curso, conciliação entre estudo e trabalho, vivências de sala de aula, avaliação da aprendizagem, organização de horários, matrícula anual, integração entre curso diurno e noturno e o tempo de duração do curso foram motivos relacionados à retenção e evasão. Recomenda-se que esta análise seja divulgada e discutida com a comunidade acadêmica da Faculdade de Odontologia, no sentido de promover estratégias para a permanência e conclusão do estudante no curso noturno.
Abstract Introduction: The organization and the offer of higher education has been through an intense transformation, concerning places for enrollment on courses in public institutions. However, success at the university is not restricted to vacancy access. It also involves staying the course to it’s conclusion. Objective: Analyze the academic trajectory of students of evening undergraduate degree courses in Dentistry at the Federal University of Rio Grande do Sul (UFRGS), by characterization of student's profile, academic situation and understanding of the reasons for delay in finishing courses and dropout. Methodological Approach: Predominantly qualitative case study whose field of research was the evening undergraduate degree in Dentistry at UFRGS. The data collection took place in three stages: semistructured questionnaire to characterize the sociodemographic profile of the incoming student, their choice of profession and expectations for the course (n=118); document analysis of school records of students who enrolled in evening undergraduate degrees in Dentistry to verify their academic situation (n=121); semistructured interviews with students who are repeating and those who are droping out, and for the teachers of the subjects of the course where there was a failure (n=24). The sample size is defined by saturation criteria. The objective data was entered into the software IBM SPSS Statistics version 18.0 to Windows and analysed through frequency distribution. Qualitative data was recorded digitally, transcribed and imported into the software ATLAS.ti, and interpreted by Bardin thematic content analysis. The research was approved by University Research Ethics Committee. Results: The profile of the incoming student of the evening undergraduate degree course in Dentistry was predominantly young, female, single, with basic education in public school and employed. These students feel safe or completely safe about their professional choice with their main reasons for this choice been ‘personal and professional fulfillment’, ‘safety and peace for the future, social position and financial comfort’ and ‘interest in working in the community’. The most cited expectations about the course were to have ‘a qualified education’, ‘professional fulfillment’ and ‘personal/dream/vocational fulfillment’. Concerning the academic situation, 40,4% of students remained outside the recommended serialization (delay in finishing courses), mainly because of disapproval or association between disapproval and enrollment locking. The dropout percentage was 19,9% with most of the students who left the evening undergraduate degree choosing to follow the diurnal undergraduate degree in Dentistry at UFRGS. Among the reasons for dropout and delay in finishing courses were students and professors highlighting issues related to student arrival and adaptation of the course, reconciling work and study, experiences of classroom studies, process of learning assessment, the post of the educational institution on student performance (timetabling, annual enrollment, integration between daytime and evening course) and the duration of the course. Final Considerations: The evening undergraduate degree in Dentistry at UFRGS is inserted in the context of political expansion and restructuring of higher education (REUNI). It is a recent course, which does not have as yet undergraduate who have fully completed the course. The academic careers are therefore being constructed every semester. Adaptation of the course, reconciling work and study, experiences to the classroom, assessment of learning, organizing schedules, annual enrollment, integration between daytime and evening course and the duration of the course were reasons related to delay in finishing courses and dropout. It is recommended that the analysis presented here is disclosed and discussed within the academic community of the College of Dentistry to promote strategies for permanence and completion of the evening course by students.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/104662
Arquivos Descrição Formato
000940088.pdf (1.267Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.