Repositório Digital

A- A A+

A construção da usina hidrelétrica de Belo Monte : conflito ambiental e o dilema do desenvolvimento

.

A construção da usina hidrelétrica de Belo Monte : conflito ambiental e o dilema do desenvolvimento

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A construção da usina hidrelétrica de Belo Monte : conflito ambiental e o dilema do desenvolvimento
Autor Fleury, Lorena Cândido
Almeida, Jalcione Pereira de
Resumo No contexto atual brasileiro, o crescimento econômico recente e a estabilidade política têm proporcionado uma retomada da noção de desenvolvimento ao centro do debate, via de regra mediante a transformação de “recursos naturais”. Contudo, o protagonismo desta noção não traz consigo uma unanimidade a respeito de seu significado – inversamente, são vários os grupos sociais que questionam o tipo de desenvolvimento a ser estimulado, ou até mesmo a necessidade de se desenvolver, deslocando para o centro do debate a relação com a natureza nele implicada. A partir de pesquisa de campo sobre o conflito ambiental em torno da construção daquela que pretende ser a terceira maior usina hidrelétrica do mundo, a Usina Hidrelétrica de Belo Monte, analisa-se as relações sociedade-natureza como chave na interpretação dos processos de desenvolvimento, especialmente no que diz respeito à definição de quem são os sujeitos habilitados a intervir nos rumos desses processos.
Abstract In the current Brazilian context, the recent economic growth and political stability have brought back to the center of the debate the concept of development, usually approached by the idea of transforming “natural resources”. However, the meaning of this notion is not unanimous, there are many social groups that question the type of development that is being encouraged, or even the need to be developed, displacing the debate to what kind of relationship is established with nature. Based on the field work carried out around the environmental conflict surrounding the construction of what pretends to be the third largest hydroelectric dam in the world, the hydroelectric plant of Belo Monte, the analysis proposed seeks to understand the different meanings given to the relations between nature and society as key concepts for the interpretation of developmental processes, especially to identify who are the subjects that are defined as being entitled to intervene in the course of these processes.
Resumen En el contexto actual de Brasil, el reciente crecimiento económico y la estabilidad política colocaron nuevamente en el centro del debate el concepto de desarrollo, en general entendido a través de la transformación de los “recursos naturales”. Sin embargo, varios grupos sociales cuestionan este tipo de desarrollo fomentado, o hasta incluso la propia necesidad de desarrollarse, descentrando el debate hacia la relación con la naturaleza implicada en esos tipos de desenvolvimientos. A partir del trabajo de campo realizado sobre el conflicto ambiental en torno a la construcción de la planta hidroeléctrica de Belo Monte, proponemos analizar las relaciones entre naturaleza-sociedad como clave en la interpretación de los procesos de desarrollo, especialmente en la definición de quiénes son los sujetos con derecho a intervenir en el curso de estos procesos.
Contido em Ambiente & sociedade. São Paulo, SP. Vol. 16, n. 4 (out./dez. 2013), p. 141-158
Assunto Barragens
Conflitos ambientais
Desenvolvimento
Sociologia ambiental
[en] Dams and development
[en] Environmental conflicts
[es] Conflictos ambientales
[es] Represas y desarrollo
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/104843
Arquivos Descrição Formato
000929754.pdf (398.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.