Repositório Digital

A- A A+

Teorias críticas, desenvolvimento e reprodução socioambiental : limites e possibilidades

.

Teorias críticas, desenvolvimento e reprodução socioambiental : limites e possibilidades

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Teorias críticas, desenvolvimento e reprodução socioambiental : limites e possibilidades
Outro título Critical theory, development and socio-environmental reproduction : limits and possibilities
Autor Corona, Hieda Maria Pagliosa
Almeida, Jalcione Pereira de
Resumo O propósito deste artigo é apresentar, de maneira introdutória, parte de reflexões teóricas sobre a categoria da reprodução socioambiental. O objetivo inicial foi entender essa categoria levando em conta a genealogia e a teleologia das noções de “progresso”, “desenvolvimento”, “ecodesenvolvimento” e “desenvolvimento sustentável” no contexto da sociedade moderna/capitalista ocidental, evidenciando a partir das teorias críticas (marxistas, bourdiana, pragmática da crítica, pós-colonial e do pós-desenvolvimento) os potenciais limites e elementos conceituais que constituem as “junturas” possíveis para construir novos conceitos. A partir deste esforço analítico, propõe-se que o conceito de reprodução socioambiental contém originalidade para compreender a dinâmica da relação sociedade-natureza considerando os múltiplos processos que vivem os grupos, comunidades, povos e sociedades, deslocando a perspectiva da racionalidade objetivista orientada apenas pela comparação e historicidade linear, para identificar as múltiplas racionalidades e diferentes modos de viver, considerando as possibilidades para as emancipações e a sustentabilidade.
Abstract The purpose of this article is to present, in an introductory way, part of theoretical reflections about the category of socio-environmental reconstruction. The initial goal was to understand this category considering the genealogy and teleology of the notions of “progress”, “development”, “eco – development” and “sustainable development” in the context of modern / western capitalist society, showing from the critical theories (Marx’s, Bourdieu’s, pragmatic criticism, post-colonial and post-development theories) potential limits and conceptual elements that constitute the possible “joints” to construct new concepts. From this analytical effort it is proposed that the concept of socio-environmental reconstruction contains originality to understand the dynamics of the relationship between society and nature considering the multiple processes that groups, communities, peoples and societies live, shifting the perspective of objectivist rationality guided only by comparison and linear historicity, to identify the multiple rationalities and different ways of living, considering the possibilities for emancipation and sustainability.
Contido em Desenvolvimento e meio ambiente. Curitiba, PR. N. 29 (abr. 2014), p. 25-38
Assunto Emancipação
Meio ambiente
Reprodução social
Sociedade
Sustentabilidade
[en] Empowerment
[en] Social reproduction
[en] Society-nature relationship
[en] Sustainability
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/104845
Arquivos Descrição Formato
000929773.pdf (856.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.