Repositório Digital

A- A A+

Trajetória do termo fotossíntese em livros escolares (1900-1990) e em publicações científicas (1945-2012) : uma metodologia de análise para relacionar o saber ensinado ao saber científico

.

Trajetória do termo fotossíntese em livros escolares (1900-1990) e em publicações científicas (1945-2012) : uma metodologia de análise para relacionar o saber ensinado ao saber científico

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Trajetória do termo fotossíntese em livros escolares (1900-1990) e em publicações científicas (1945-2012) : uma metodologia de análise para relacionar o saber ensinado ao saber científico
Autor Junqueira, Heloisa
Orientador Souza, Diogo Onofre Gomes de
Data 2013
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde.
Assunto Bibliometria
Conhecimento científico
Fotossíntese
Livro didático
Produção científica
[en] Bibliometric analysis
[en] Natural sciences
[en] Photosynthesis
[en] Scientific production
[en] Textbooks
Resumo A importância científica da fotossíntese na geração e permanência da vida no planeta; a necessidade de difusão e incorporação dos conhecimentos científicos nos livros escolares; a hipótese do possível descompasso entre saber científico e saber ensinado, instigaram a busca e análise do percurso da palavra fotossíntese em 50 livros escolares de ciências naturais editados na Espanha (1900-1990) e da trajetória do termo "photosynthesis" em publicações científicas na base de dados ISI-Web of Science (1945-2012). Os critérios para selecionar os livros foram: livros de ciências naturais e datas de edição. Acompanhando a palavra fotossíntese, identificou-se um conjunto de palavras correlatas em significado, embora diferentes na grafia. As palavras foram categorizadas por significados, signos e símbolos, e número de aparecimentos nos livros. O pico máximo de aparecimento da categoria fotossíntese foi na década de 70 e seu percurso nos livros escolares não foi linear nem progressivo. As buscas realizadas na base de dados ISI-Web of Science de 1945 a 2012 mostraram que o número de artigos, de áreas de pesquisa e de periódicos com o termo “photosynthesis” cresceu significativamente entre 1945-1990, 1990-1991 e 1991-2012. A análise dos resultados obtidos fortaleceu a hipótese de um possível descompasso entre o saber científico produzido e o saber ensinado através de livros escolares. Conclui-se que nem sempre a evolução de conceitos científicos é acompanhada no tempo por termos didáticos e que a abordagem metodológica aplicada pode contribuir para outros estudos sobre outros tópicos específicos da ciência, como fotossíntese. Considerações: será que o aumento do número de publicações científicas significa um melhor desenvolvimento, discussão e atualização de conceitos científicos? Este aumento é significativo no sentido do aprimoramento do próprio conceito? Se sim, este aprimoramento poderá formar parte dos livros didáticos de ciências? Estas perguntas, quando respondidas, poderão contribuir para uma maior articulação entre o mundo da ciência e o mundo da educação, em especial no da produção de materiais didáticos como os livros escolares.
Abstract The scientific importance of photosynthesis for the generation and persistence of life on the planet; the need to disseminate and incorporate scientific knowledge in textbooks, the possible mismatch between scientific knowledge and taught knowledge, have instigated the search and analysis of the path of the word photosynthesis in 50 textbooks of natural sciences published in Spain (1900-1990) and the trajectory of the term "photosynthesis" in scientific publications in ISI-Web of Science database (1945- 2012). The criteria to examine the books were: books of natural sciences and publication dates. Along with the term photosynthesis, were identified a set of other terms with correlated meanings, although different in spelling. The words were categorized by meanings, signs and symbols, and number of appearances in the books. The peak of onset of photosynthesis category was in the 70s and your pathway in textbooks was neither linear nor progressive. Searches in the database ISI-Web of Science from 1945 to 2012 showed that the number of articles, the areas of research and journals with the term "photosynthesis" grew significantly among 1945-1990, 1990-1991 and 1991-2012. The analysis of the results obtained strengthened the hypothesis of a possible mismatch between scientific knowledge produced and taught knowledge through textbooks. It was concluded that not always the evolution of scientific concepts is followed in time by didactic terms, and that the methodological approach can contribute to the formulation and implementation of other studies related to the so-called scientific knowledge and taught knowledge. Considerations: does the increasing number of scientific publications mean a better development, discussion and updating of scientific concepts? Is this increase significant in the improvement of the concept itself? If yes, will this improvement become part of Natural Science textbooks? These questions, when answered, will contribute to greater interaction between the world of science and the world of education, particularly in the production of teaching materials such as textbooks.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/104858
Arquivos Descrição Formato
000941308.pdf (9.086Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.