Repositório Digital

A- A A+

Diabetes mellitus felina: ênfase em métodos de diagnóstico

.

Diabetes mellitus felina: ênfase em métodos de diagnóstico

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Diabetes mellitus felina: ênfase em métodos de diagnóstico
Autor Nunes, Nilson Junior da Silva
Orientador Valle, Stella de Faria
Co-orientador Matheus, Juliana Pereira
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do sul. Faculdade de Veterinária. Curso de Medicina Veterinária.
Assunto Diabetes mellitus : Diagnóstico
Endocrinopatias
Felinos
Frutosamina
Glicose
[en] Endocrinopathy
[en] Feline
[en] Fructosamine
[en] Glucose
Resumo A Diabetes mellitus é uma das endocrinopatias mais comuns na clínica de pequenos animais, caracterizada por distúrbio no pâncreas endócrino com diminuição nos níveis de insulina. Esta deficiência ou ausência de insulina pode ser parcial ou absoluta, e resultar em alterações no metabolismo de carboidratos, lipídios e proteínas. A classificação em felinos utiliza os termos Tipo I para a DM Insulinodependente e Tipo II não-insulinodependente ou tardio com os quatro sintomas clássicos como poliúria, polidipsia, polifagia e perda de peso. O paciente felino ainda apresenta peculiaridades como a Diabetes Transitória, o fenômeno de Somogyi e a hiperglicemia de estresse como fatores que dificultam o diagnóstico, que pode ser realizado pela dosagem da glicose sanguínea, determinação da frutosamina, dosagem de hemoglobina glicosilada e o exame qualitativo de urina. O tratamento preconizado é o acompanhamento do paciente além da administração de hipoglicemiantes orais, dieta equilibrada, exercícios físicos e uso de insulinoterapia. O prognóstico para a Diabetes mellitus felino em geral é reservado em longo prazo. Devido às particularidades do paciente felino diabético, esse trabalho propõe uma revisão bibliográfica sobre o diagnóstico da Diabetes mellitus felina e uma análise experimental sobre a determinação da frutosamina em gatos saudáveis.
Abstract Diabetes mellitus (DM) is one of the most common endocrine disorders in the small animal practice and is characterized by a disturbance in the endocrine pancreas with a decrease on insulin levels. This deficiency or absence of insulin can be partial or complete, and result in changes in the metabolism of carbohydrates, lipids and proteins. The classification in felines uses the terms Type I for insulin dependent DM and Type II for non-insulin dependent or delayed DM with the four classical symptoms such as polyuria, polydipsia, polyphagia and weight loss. The feline patient still presents peculiarities such as the Transitional Diabetes, the phenomenon of Somogyi and stress hyperglycemia as factors that complicate the diagnosis, which can be accomplished by measurement of blood glucose, fructosamine determination, glycosylated hemoglobin test and qualitative urinalysis. The recommended treatment is patient follow-up besides the administration of oral hypoglycemic drugs, balanced diet, exercise and use of insulin therapy. Prognosis for Feline Diabetes mellitus is usually reserved for long term. Due to the particularities of the feline diabetes patients, this paper proposes a bibliographic review on the diagnosis of feline diabetes mellitus and an experimental analysis on the determination of fructosamine levels in healthy cats.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/104889
Arquivos Descrição Formato
000939041.pdf (818.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.