Repositório Digital

A- A A+

A cooperação brasileira na área da educação nos PALOPs no período 2000-2012 : principais atores e projetos

.

A cooperação brasileira na área da educação nos PALOPs no período 2000-2012 : principais atores e projetos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A cooperação brasileira na área da educação nos PALOPs no período 2000-2012 : principais atores e projetos
Outro título Brazilian cooperation in education with PALOPs (2000-2012) : main actors and projects
Autor Ullrich, Danielle Regina
Carrion, Rosinha da Silva Machado
Resumo A partir da perspectiva da cooperação Sul-Sul para o desenvolvimento, discursivamente apresentada como um processo de parceria entre países semiperiféricos e periféricos para fins de vantagens mútuas, o presente artigo, de natureza teórica, tem por objetivo provocar a reflexão acerca dos termos em que está se dando a cooperação entre o Brasil e os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOPs). Para tal, apresenta os projetos e investimentos realizados pelo Brasil, nos últimos doze anos, no conjunto dos PALOPs, notadamente na área de educação, com destaque para os atores por eles responsáveis. Os dados coletados revelam que 77,45% dos projetos de cooperação brasileira na África estão sendo realizados nesses países e que a área da educação é que mais está recebendo recursos (15,53%), alocados, principalmente, em formação profissional, alfabetização e formulação de políticas públicas para a educação. A conclusão a que se chega é que o direcionamento das ações de cooperação está em consonância com objetivos e estratégias da Política Externa Brasileira (PEB), refletindo tanto os objetivos de natureza política e econômica almejados pelo país quanto as questões de natureza cultural referentes à proximidade linguística e à matriz colonial comum ao Brasil e aos referidos países lusófonos.
Abstract From the perspective of South-South cooperation for development, discursively presented as a partnership process between peripheral and semi-peripheral countries for mutual benefit, this paper, theoretical, aims to provoke reflection about the terms on which are giving cooperation between Brazil and African Countries of Portuguese Official Language (PALOP). For such, it presents the projects and investments in Brazil over the last twelve years, in all the PALOPs, notably in the area of education highlighting the actors responsible for them. The data collected showed that 77.45% of the Brazilian cooperation projects in Africa, are being conducted in these countries, and the area of education that is getting more resources (15.53%) allocated mainly in vocational training, literacy and formulation of public policies. The conclusion reached is that the orientation of the actions of cooperation is in line with objectives and strategies of Brazilian Foreign Policy (PEB), reflecting both the goals of political and economic pursued by the country as issues of cultural nature in the face the linguistic proximity and common colonial matrix referred to Brazil and Portuguese-speaking countries.
Contido em Sociais e humanas [recurso eletrônico]. Santa Maria, RS. Vol. 27, n. 1 (jan./abr. 2014), p. 146-160
Assunto Brasil
Cooperação internacional
Desenvolvimento
Educação
[en] Brazil
[en] Education
[en] PALOPs
[en] South-South cooperation
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/104974
Arquivos Descrição Formato
000932169.pdf (329.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.