Repositório Digital

A- A A+

Development of an MPEG2 multiplexer compliant with SBTVD digital TV standard

.

Development of an MPEG2 multiplexer compliant with SBTVD digital TV standard

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Development of an MPEG2 multiplexer compliant with SBTVD digital TV standard
Autor Endres, Lucas Pereira
Orientador Susin, Altamiro Amadeu
Co-orientador Soares, Andre Borin
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Elétrica.
Assunto Engenharia elétrica
[en] MPEG2
[en] Multiplexing
[en] SBTVD
[en] Transport stream
Abstract Television is the most important broadcast media in Brazil. At the beginning of the last decade, it was decided to digitize the Brazilian TV broadcast system. A government action joining researchers of all around the country carried out a study on several topics of Digital TV. Video and audio coding, along with interactivity and multiplexing, modulation and transmission subsystems are among the studied aspects of the DTV System. What came out is the SBTVD, the Brazilian DTV standard, which is based on the Japanese ISDB-T transmission standard, and adopts H.264 and HE-AAC as video and audio coding standards. Nowadays, almost all South American and some African countries adopted the SBTVD. The main objective of this work is to develop a tool that creates a Transport Stream compliant to the Brazilian standard ABNT NBR15603 which is based on the ISO/IEC 13818-1 standard. To achieve this objective, considerable research was carried out to understand the fundamental concepts introduced by ISO/IEC13818-1 and the differences between this standard and the ABNT NBR15603. Some existing tools generate streams compliant to the international standards but fail to obey the Brazilian specificities. An updated version of the FFmpeg framework is therefore proposed which now includes the mandatory structures of SBTVD in the Transport Stream.
Resumo A televisão é o meio de comunicação mais importante no Brasil. No início da última década, decidiu-se digitalizar o sistema de transmissão de TV brasileira. Uma ação do governo unindo pesquisadores de todo o país realizou um estudo sobre vários temas de TV Digital. Codificação de vídeo e áudio, bem como os subsistemas de interatividade, multiplexação, modulação e transmissão estão entre os aspectos estudados do sistema DTV. Como resultado surgiu o SBTVD, o padrão de TV digital brasileiro, que é baseado no padrão japonês de transmissão ISDB-T, e adota os padrões H.264 e HE-AAC para codificação de vídeo e áudio. Hoje em dia, quase todos os países sul-americanos e alguns africanos adotaram o SBTVD. O principal objetivo deste trabalho é desenvolver uma ferramenta que cria um Transport Stream compatível com a norma brasileira ABNT NBR15603, que é baseada na norma ISO/IEC 13818-1. Para alcançar este objetivo, realizou-se extensa pesquisa para compreender os conceitos fundamentais introduzidos pela ISO/IEC13818-1 e as diferenças entre esta e a ABNT NBR15603. Algumas ferramentas existentes geram um Transport Stream compatível com as normas internacionais, mas não conseguem obedecer às especificidades brasileiras. Assim, propõe-se uma versão modificada do aplicativo FFmpeg que agora inclui as estruturas obrigatórias do SBTVD no Transport Stream.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/105054
Arquivos Descrição Formato
000940483.pdf (3.733Mb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.