Repositório Digital

A- A A+

Carga de trabalho de enfermagem e satisfação dos pacientes em unidade de terapia intensiva pós-operatória

.

Carga de trabalho de enfermagem e satisfação dos pacientes em unidade de terapia intensiva pós-operatória

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Carga de trabalho de enfermagem e satisfação dos pacientes em unidade de terapia intensiva pós-operatória
Outro título Nursing workload and patient satisfaction in intensive therapy unit of post-anesthetic recovery
Outro título Carga de trabajo de enfermería y la satisfacción de los pacientes en la unidad de cuidados intensivos postoperatorios
Autor Moraes, Kátia Bottega
Orientador Moura, Gisela Maria Schebella Souto de
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Assunto Carga de trabalho : Pessoal de saúde
Cuidados de enfermagem
Enfermagem
Satisfação do paciente
Unidades de terapia intensiva : Enfermagem
[en] Nursing
[en] Nursing care
[en] Patient satisfaction
[en] Workload
[es] Carga de trabajo
[es] Cuidados de enfermería
[es] Enfermería
[es] Satisfacción del paciente
Resumo Com a evolução do atendimento de enfermagem e dos serviços de saúde, o enfermeiro passa a exercer papéis gradativamente mais complexos dentro de sua área de atuação. Com exigências crescentes, a carga de trabalho desses profissionais torna-se progressivamente mais elevada, gerando repercussões em diversos aspectos, incluindo a satisfação dos pacientes. Como enfermeira de uma unidade de terapia intensiva pós-operatória, observo essa realidade e questiono qual é a percepção do paciente acerca do atendimento recebido em uma unidade como essa. Dessa forma, o objetivo deste estudo foi analisar a relação entre a carga de trabalho de enfermagem e a satisfação do paciente em uma unidade de terapia intensiva pós-operatória. Para isso, foi realizada uma pesquisa exploratória descritiva com abordagem quantitativa, na Unidade de Terapia Intensiva da Unidade de Recuperação Pós-Anestésica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. A amostra foi constituída por 84 pacientes. Para levantamento da carga de trabalho da equipe de enfermagem, foram utilizados dados institucionais, previamente coletados por meio do Nursing Activities Score (NAS). Para conhecimento da satisfação dos pacientes com a equipe de enfermagem, foi aplicado o Instrumento de Satisfação do Paciente (ISP). Identificamos que a carga de trabalho da equipe de enfermagem calculada por meio do NAS apresentou média 85,36%, elevada quando comparada com a média de estudos realizados anteriormente, utilizando o mesmo instrumento, porém semelhante à média encontrada em unidades com características similares. A média obtida com a aplicação do ISP foi 3,98, também elevada quando comparada com estudos que utilizaram o mesmo instrumento. Este estudo, portanto, possibilitou a análise da relação entre a carga de trabalho de enfermagem e a satisfação do paciente em uma unidade de terapia intensiva pós-operatória, evidenciou não haver relação significante entre as variáveis, carga de trabalho de enfermagem e satisfação do paciente em uma unidade de terapia intensiva pós-operatória. Os achados desta pesquisa apresentaram relevância quando comparados às pesquisas sobre as temáticas carga de trabalho de enfermagem e satisfação do paciente. Os resultados relacionados ao NAS poderão ser utilizados na adequada alocação do quadro de pessoal da unidade; já os resultados referentes ao ISP permitem concluir que a atuação da enfermagem atende as expectativas dos pacientes.
Abstract With the evolution of nursing care and health services, the nurse pass to perform gradually more complex roles within its area of operation. With increasing requirement, the workload of these professionals becomes progressively higher, generating impacts in many aspects, including patient satisfaction. As a nurse in a post-operative intensive care unit, I observe this reality and question what the patient perception about the service they received in this area. The aim of this study was to analyze the relationship between nursing workload and patient satisfaction in a post-operative intensive care unit. The methodology was a descriptive exploratory study with a quantitative approach in the Intensive Therapy Unit of Post-Anesthetic Recovery of the Hospital de Clínicas of Porto Alegre. The sample consisted of 84 patients. To knowledge of the workload of the nursing staff, collected through the Nursing Activities Score (NAS) previously, to knowledge of patient satisfaction with nursing staff we applied the Patient Satisfaction Instrument (PSI). We can identify in this study that the workload of the nursing staff calculated from the NAS showed an average of 85.36%, high when compared with the average of previous studies, using the same instrument, but similar to the average found in units with features like. The average obtained with the application of PSI was 3.98, too high when compared to studies using the same instrument. This study allowed the analysis of the relationship between nursing workload and patient satisfaction in a post-operative intensive care unit, showing no significant relationship between the variables. The findings of this research showed significance when compared to research on issues of nursing workload and patient satisfaction. The results related to the NAS can be used in the appropriate allocation of staff of the unit, and the results for the PSI to conclude that the nursing meets the expectations of patients.
Resumen Con la evolución de atención de enfermería y de los servicios de salud, la enfermera comienza a ejercer funciones gradualmente más complejas dentro de su área de especialización. Con la creciente demanda, la carga de trabajo de estos profesionales se hace cada vez mayor, lo que genera impactos en varios aspectos, entre ellos la satisfacción del paciente. Como enfermera de una unidad de cuidados intensivos postoperatoria, ver esta realidad y la pregunta cuál es la percepción del paciente en cuanto la atención recibida en una unidad como esta. Por lo tanto, el objetivo de este estudio fue analizar la relación entre la carga de trabajo de enfermería y la satisfacción del paciente en una unidad de cuidados intensivos postoperatorios. Para esto, se realizó un estudio exploratorio descriptivo, con enfoque cuantitativo en la Unidad de Cuidados Intensivos de Unidad de Recuperación Post Anestesia del Hospital de Clínicas de Porto Alegre. La muestra fue constituida por 84 pacientes. Se utilizaron los datos institucionales recogidos previamente por la Enfermería Actividades Score (NAS) para inspeccionar la carga de trabajo del personal de enfermería. Para conocimiento de la satisfacción del paciente con el personal de enfermería, se aplicó el Instrumento de Satisfacción del Paciente (PSI). Indicó que el carga de trabajo del personal de enfermería calculada a través de la NAS mostró un promedio 85,36%, alta en comparación con la media de los estudios anteriores utilizando el mismo instrumento, pero similar a la media que se produce en unidades con características similares. La media obtenida con la aplicación del ISP fue de 3.98, demasiado alto en comparación con los estudios que utilizaron el mismo instrumento. Este estudio, por tanto, permite el análisis de la relación entre la carga de trabajo de enfermería y la satisfacción del paciente en una unidad de cuidados intensivos postoperatorios, no mostró relación significativa entre las variables, la carga de trabajo de enfermería y la satisfacción del paciente en una unidad de cuidados intensivos postoperatorios. Los resultados de esta investigación presentaron significativa si se compara con la investigación sobre temas de la carga de trabajo de enfermería y la satisfacción del paciente. Los resultados relacionados con la NAS se podrían utilizar en la asignación adecuada de personal de la unidad; ya que los resultados de la ISP a la conclusión de que la enfermería cumple con las expectativas de los pacientes.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/105145
Arquivos Descrição Formato
000941491.pdf (1.782Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.