Repositório Digital

A- A A+

Melhor em casa? um estudo sobre a atenção domiciliar

.

Melhor em casa? um estudo sobre a atenção domiciliar

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Melhor em casa? um estudo sobre a atenção domiciliar
Outro título Better at home? study about home care
Outro título ¿Mejor en casa? estudio acerca de la atención domiciliaria
Autor Oliveira, Stefanie Griebeler
Orientador Kruse, Maria Henriqueta Luce
Data 2014
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Assunto Atenção domiciliar
Pacientes domiciliares
Serviços de assistência domiciliar
Visita domiciliar
[en] Caregivers
[en] Documents
[en] Health policy
[en] Homebound persons
[en] Home care services
[en] Homes care services
[en] Home visit
[en] Hospital-based
[en] Nursing
[en] Surveillance
[es] Cuidadores
[es] Documentos
[es] Enfermería
[es] Personas imposibilitadas
[es] Politica de salud
[es] Servicios de atención a domicilio provisto por hospital
[es] Servicios de atención de salud a domicilio
[es] Vigilancia
[es] Visita domiciliaria
Resumo Este estudo de inspiração genealógica, inserido na vertente pós-estruturalista, objetivou problematizar o acontecimento da atenção domiciliar, para conhecer os saberes e as condições de possibilidade que sustentam sua rede discursiva. O material empírico foi constituído por documentos legais como: políticas públicas, decretos, portarias, resoluções que se referiram a atenção domiciliar em saúde, publicados no Diário Oficial da União, desde o início do século XX. A primeira etapa para organização do material se constituiu na busca de documentos que se referiam à atenção domiciliar no sitio Jus Brasil, sendo encontradas 1059 páginas que mencionavam atenção domiciliar. A leitura do material selecionado buscava identificar a relação dos documentos com o tema e foi organizada em pastas identificadas pelo ano de publicação. Na segunda etapa, após leitura aprofundada, os excertos que teriam poder de fazer circular determinadas verdades foram organizados em planilha eletrônica, com informações sobre a referência do documento, quem falava e os procedimentos de limitação. A terceira etapa consistiu na leitura da planilha para identificação das relações de poder e saber. Na quarta etapa, as unidades analíticas foram construídas, sendo utilizadas para a análise documental algumas ferramentas propostas por Michel Foucault, como forma de martelar o pensamento, tais como: poder, governamento, biopolítica, saber, discurso, norma e dispositivo. Foram organizadas quatro unidades analíticas: Vigilância no domicílio: tecnologia disciplinar; Serviço médico domiciliar e a população operária: nascimento da biopolítica; Saúde para todos: tecnologia regulamentadora da vida e Melhor em Casa: dispositivo de segurança. A primeira unidade trata da vigilância do doente no domicílio. Tendo em vista a incidência da tuberculose, foi organizado um serviço de enfermeiras visitadoras que produziam saberes registrados em relatórios acerca das pessoas e suas doenças naquele período. A segunda unidade foi organizada acerca do Serviço de Assistência Médico Domiciliar, que teve como condições de possibilidade a mobilização dos operários e a organização dos sindicatos a partir da segunda década do século XX. Tal medida, a partir da medicalização do corpo do operário, se constituiu em uma estratégia de controle do absenteísmo. A terceira unidade aborda o Sistema Único de Saúde como estratégia da biopolítica, que teve como condições de possibilidade as lutas contra um modelo de saúde centrado no hospital, na tecnologia, e era excludente, já que incluía apenas os contribuintes da previdência social. Tal sistema público e democrático previa a participação de todos, em oposição ao sistema anterior que contemplava apenas os trabalhadores. A atenção domiciliar como dispositivo de segurança, a partir dos anos 2000, teve como condições de possibilidade o aumento das doenças crônico-degenerativas e a “crise” no hospital, que pretende liberar leitos para a alta tecnologia, prestando atendimento ao paciente com condições crônicas e incuráveis no domicílio, apontando a casa como lugar mais seguro e melhor para o paciente que fica próximo da família e longe do risco de infecção hospitalar. Ao longo deste estudo genealógico, apresento as descontinuidades e diferentes configurações que a atenção domiciliar apresentou no Brasil, apontando que a prioridade destas políticas não foram as pessoas, mas a Economia.
Abstract This study of genealogical inspiration, inserted in the poststructuralist area of knowledge, aimed to problematize the event of home care to know the knowledge and the conditions of possibility that support its discursive network. The empirical material was constituted by legal documents, such as: public policies, decrees, ordinances, dictums that refer to the home care in health, which were published in the Diário Oficial da União, since the beginning of century XX. The first step to the organization of material was constituted on searching documents that referred themselves to home care in the Jus Brasil place, which enabled the finding of 1059 pages that mentioned home care. The material selected through reading, which focused on identifying the relation from the document with the issue, was organized in folders identified by the year of publication. In the second step, with a deep reading, excerpts that would have power to make circulating determined truths were organized in electronic charts, which had information about reference from the document, the excerpt, who was talking about, and procedures of limiting. The third step constituted on the reading of the chart to the identification of power and knowledge relations. In the fourth step, the analytical unities were being construed, and for the documental analysis was used some tools from Michel Foucault, as a way to hammer the thought, such as: power, governmentality, biopolitics, knowledge, discourse, norm, and dispositive. Four analytical unities were formed: surveillance at home: disciplinary technology; Home Medical Assistance and the worker population: birth of biopolitics; health for everybody: a statutory technology of life and The Best at Home: security dispositive. The first unity is about the oversight of the sick at home. Having the focus on tuberculosis, it was organized a services of nurses who were visitors, and that produced knowledge recorded about people and their diseases in that period. The second one was organized about the Home Medical Assistance, which had as conditions of possibility the mobilization of workers and the organization of syndicates from the century XX. This step, through the medicalization of the worker body, constituted in a control strategy of absenteeism. The third one approaches the Unique Health System as a strategy of biopolitic, which had as conditions of possibility to fight against a model of health centralized on hospital, on technology, and it was exclusionary, since it included just the contributors of welfare. This public and democratic system wanted the participation of everybody, which was opposite to the previous system, which attained just the workers. The home care as a security dispositif, after 2000, had as conditions of possibility the chronic-degenerative diseases, due to the increase of life expectancy; the “crisis” in the hospital, which aims to release beds to the high technology, assisting the patient with chronic and incurable conditions at home. Therefore, the discourse constitutes house as the safer place, and the best for the patient, who stays in their home, close to the family, far away from the risk of hospital infection. During the performance of this genealogical study, I present the discontinuities and different configurations that home care presented in Brazil, which states that the priority of these polices weren’t people, but the economy.
Resumen Este estudio de inspiración genealógica, inserido en la vertiente pos-estructuralista, objetivó problematizar el acontecimiento de la atención domiciliaria, para conocer los saberes y las condiciones de posibilidad que sustentan su red discursiva. El material empírico fue constituido por documentos legales como: políticas públicas, decretos, portarías, resoluciones, que refirieran a la atención domiciliaria en salud, publicados en el Diário Oficial da União, desde el inicio del siglo XX. La primera etapa para la organización del material se constituyó en la busca realizada en mayo de 2013, siendo encontradas 1059 páginas que mencionaban atención domiciliaria en el sitio Jus Brasil, siendo encontradas 1059 páginas que mencionaban la atención domiciliaria. El material seleccionado a partir de la lectura, que buscaba identificar la relación del documento con el tema, fue organizado en pastas identificadas por el año de publicación. En la segunda etapa, con lectura profundada, extractos que habían de tener poder para hacer circular determinadas verdades fueron organizados en planilla electrónica, con informaciones sobre la referencia del documento, extracto, quién hablaba, y procedimientos de limitación. La tercera etapa consistió en la lectura de la planilla para identificación de las relaciones de poder y saber. En la cuarta etapa, las unidades analíticas fueron siendo construidas, y para el análisis documental se utilizó algunas herramientas de Michel Foucault, como forma de martillar el pensamiento, como: poder, gobernamiento, biopolítica, saber, discurso, norma y dispositivo. Fueron formadas cuatro unidades analíticas: vigilancia del enfermo en domicilio: tecnología disciplinar; Asistencia medico domiciliaria y la población operaria: el nacimiento de la biopolitica; salud para todos: una tecnología reguladora de la vida; Mejor en Casa: dispositivo de seguranza. La primera unidad trata de la vigilancia del enfermo en el domicilio. Teniendo en vista la incidencia de la tuberculosis, fue organizado un servicio de enfermerías visitadoras que producían saberes registrados en informes acerca de las personas y sus molestias en aquel periodo. La segunda, acerca del Servicio de Asistencia Medico-Domiciliaria, que tuve como condiciones de posibilidad las movilizaciones de los operarios y la organización de los sindicatos a partir de la segunda década del siglo XX. Tal medida, a partir de la medicalización del cuerpo del operario, se constituyó en una estrategia de controle del absentismo. La tercera aborda la visita domiciliaria en el Sistema Único de Salud, como estrategia de la biopolitica, que tuve como condiciones de posibilidad las peleas contra un modelo oneroso de salud, centrado en el hospital e en la tecnología; las peleas contra un modelo de salud excluyente que incluía a penas los contribuyentes de la previdencia social; los ideales de un sistema público de salud, democrático, con participación de todos, en oposición al que la dictadura militar había proporcionado. La atención domiciliaria como dispositivo de seguridad, a partir de los años 2000, tuve como condiciones de posibilidad las molestias crónico-degenerativas debido al aumento de la expectativa de vida; la “crisis” en el hospital, que pretende liberar camas para la alta tecnología, prestando atendimiento al paciente en casa como lugar más seguro y mejor para el paciente, que quedase en su casa, próximo de la familia, lejos del risco de infección hospitalaria. Al pasar de este estudio genealógico, presento las discontinuidades y distintas configuraciones que la atención domiciliaria presentó en Brasil, apuntando que la prioridad de estas políticas no fueran las personas, pero la Economía.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/105250
Arquivos Descrição Formato
000941915.pdf (1.495Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.