Repositório Digital

A- A A+

Scherzo da Sonata para violão, Op. 47 de Alberto Ginastera : trajetória e síntese dos Scherzi Ginasterianos

.

Scherzo da Sonata para violão, Op. 47 de Alberto Ginastera : trajetória e síntese dos Scherzi Ginasterianos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Scherzo da Sonata para violão, Op. 47 de Alberto Ginastera : trajetória e síntese dos Scherzi Ginasterianos
Autor Wagner, Marcos Víctora
Orientador Carvalho, Any Raquel Souza de
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Programa de Pós-Graduação em Música.
Assunto Analise musical : Sonatas
Ginastera, Alberto E. 1916-1983.
Scherzi ginasterianos
Sonatas : Violão : Síntese estilística
Resumo Este trabalho busca verificar a síntese estilística ocorrida no Scherzo da Sonata para violão, Op. 47 (1976), de Alberto Ginastera, através da comparação com scherzi ginasterianos precedentes: Vivacissimo, do Primeiro quarteto de cordas, Op. 20 (1948); Presto misterioso, da Sonata para piano No. 1, Op. 22 (1952); Presto magico, do Segundo quarteto de cordas, Op. 26 (1958); Scherzo fantastico, do Quinteto para piano, Op. 29 (1963); Fantastico, do Terceiro quarteto de cordas, Op. 40 (1973). Nessas obras é observada a recorrência de técnicas e materiais a partir de parâmetros harmônico/melódicos e rítmicos. Também são apresentadas, por motivo de contextualização, uma revisão bibliográfica da divisão estilística tradicional do opus ginasteriano e uma análise da estrutura normativa (forma) do Scherzo, Op. 47.
Resumen Este trabajo busca la verificación de la presencia de una síntesis estilística en el Scherzo de la Sonata para guitarra, Op. 47 (1976), de Alberto Ginastera, por medio de la comparación con scherzi ginasterianos precedentes a esta obra, siendo ellos: Vivacissimo, del Primer cuarteto de cuerdas, Op. 20 (1948); Presto misterioso, de la Sonata para piano No. 1, Op. 22 (1952); Presto magico, del Segundo cuarteto de cuerdas, Op. 26 (1958); Scherzo fantastico, del Quinteto para piano, Op. 29 (1963); Fantastico, del Tercero cuarteto de cuerdas, Op. 40 (1973). En estas piezas se observarán la recurrencia de técnicas y materiales partiendo de parámetros harmónico/melódicos y rítmicos. Así como son presentadas, por una contextualización necesaria, una revisión de la bibliografía acerca de la división estilística tradicional del opus ginasteriano y un análisis de la estructura normativa del Scherzo, Op. 47.
Abstract The purpose of this study is to discover the stylistic synthesis of the Scherzo of the Sonata for Guitar, Op. 47 (1976), by Alberto Ginastera through the comparison with Ginasterian scherzi written before this work, including: Vivacissimo, of the First String Quartet, Op. 20 (1948); Presto misterioso, of the Sonata for Piano No. 1, Op. 22 (1952); Presto magico, from the Second String Quartet, Op. 26 (1958); Scherzo fantastico, from the Quintet for Piano, Op. 29 (1963); Fantastico, of the Third String Quartet, Op. 40 (1973). The recurrence of materials and techniques within the harmonic/melodic and rhythmic parameters are observed. A bibliographic review of the traditional style of the Ginasterian opus is carried out, as well as an analysis of the structural form of the Scherzo, Op. 47.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/10552
Arquivos Descrição Formato
000595686.pdf (1.332Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.