Repositório Digital

A- A A+

Avaliação do envolvimento ganglionar linfático mediastino-pulmonar no carcinoma brônquico não de pequenas células: estudo comparativo entre os resultados obtidos por tomografia computadorizada, mediastinoscopia e toracotomia

.

Avaliação do envolvimento ganglionar linfático mediastino-pulmonar no carcinoma brônquico não de pequenas células: estudo comparativo entre os resultados obtidos por tomografia computadorizada, mediastinoscopia e toracotomia

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação do envolvimento ganglionar linfático mediastino-pulmonar no carcinoma brônquico não de pequenas células: estudo comparativo entre os resultados obtidos por tomografia computadorizada, mediastinoscopia e toracotomia
Autor Martins Filho, Saulo Cocio
Orientador Moreira, José da Silva
Co-orientador Pinto, Jose Antonio Lopes de Figueiredo
Data 2000
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Pneumologia.
Assunto Estadiamento de tumores
Mediastinoscopia
Neoplasias brônquicas
Tomografia computadorizada
Toracotomia
Resumo Os objetivos da tomografia computadorizada de tórax pré-operatória na investigação dos pacientes com carcinoma brônquico são avaliar o tumor primário, o mediastino e outros possíveis comprometimentos extrapulmonares em pacientes com doença potencialmente ressecável. No período de janeiro de 1992 a dezembro de 1996, foram estudados 141 pacientes portadores de carcinoma brônquico não de pequenas células internados no Serviço de Cirurgia Torácica do Hospital São Lucas da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, buscando-se comparar achados entre tomografia computadorizada de tórax, mediastinoscopia com biópsia e toracotomia, no que se refere à avaliação dos gânglios linfáticos mediastinais em pacientes portadores de carcinomas brônquicos não de pequenas células. O principal objetivo do trabalho foi determinar o rendimento global e por regiões nodais da tomografia computadorizada de tórax. Usou-se como critério de normalidade para os gânglios um tamanho menor ou igual a 1,5 cm em seu maior eixo.A presença ou ausência de metástases ganglionares foram comprovadas por exame anatomopatológico através de mediastinoscopia e/ou toracotomia. Asérie é constituída de 99 (70,3%) homens e 42 (29,9%) mulheres, com idades variando entre 32 e 79 anos (média 60,3 anos). Em relação às metástases nodais mediastinais, 67 pacientes (47,5%) não as apresentavam (N0), 29 (20,5%) tinham doença metastática ganglionar peribrônquica e/ou hilar ipsilateral (N1), 30 (21,2%) possuíam metástases mediastinais ipsilaterais e/ou subcarinais (N2) e 15 (10,6%) apresentavam doença metastática mediastinal e/ou hilar contralateral, escalênica ou supraclavicular (N3). A prevalência global de metástases nodais foi de 52,2%. A avaliação da presença de metástases ganglionares mediastinais pela tomografia computadorizada de tórax apresentou uma sensibilidade de 79,2%, uma especificidade de 52,2%, um valor preditivo positivo de 63,3%, e um valor preditivo negativo de 50,6%. As regiões com melhores valores de sensibilidade foram paratraqueal esquerda alta (2L), paratraqueal direita baixa (4R) e paratraqueal esquerda baixa (4L). As regiões nodais com melhores resultados de especificidade foram paratraqueal esquerda alta (2L), paratraqueal esquerda baixa (4L), paratraqueal direita alta (2R) e paratraqueal direita baixa (4R). No presente trabalho, a tomografia computadorizada de tórax mostrou constituir-se em importante ferramentadiagnóstica na detecção de anormalidades em gânglios mediastinais; entretanto, a natureza neoplásica ou não desses gânglios deve ser conferida por mediastinoscopia, ou até mesmo por toracotomia, a fim de que a correta decisão possa ser tomada quanto ao tratamento cirúrgico de pacientes portadores de carcinoma brônquico não de pequenas células.
Abstract The goals of computed tomography of the thorax, before surgical intervention of patients with non small cell lung cancer are to evaluate the primary lesion, mediastinum and possible extrapulmonary involvement in patients with potencially resectable disease. From January, 1992 to December, 1996, 141 patients with non-small cell lung cancer were evaluated in the Thoracic Surgery Department of the Hospital São Lucas da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, trying to compare findings among computed tomography, mediastinoscopy and thoracotomy, having in view the mediastinal lymph nodes in patients with non small cell lung cancer. The aim of the study was to determine the accuracy of the computed tomography globally and in each nodal station. A criteria of normality was used: 1,5 cm of diameter, or less, in the longest axis. The presence or absence of nodal metastasis was recorded by histopathological studies through mediastinoscopy and/or thoracotomy.The group was formed with 99 (70,3%) men and 42 (29,9%) women with the age range between 32 and 79 years old (average 60,3 years old). Considering the nodal metastasis, in 67 patients (47,5%) there were no evidence of regionalnode metastasis (N0), 29 (20,5%) there were metastasis to ipsilateral peribronchial and/or hilar region lymph nodes (N1), 30 (21,2%) there were metastasis to ipsilateral mediastinal or subcarinal lymph nodes (N2) and 15 (10,6%) this serie found metastasis to contralateral mediastinal or hilar, or to scalene or supraclavicular lymph nodes (N3). The global prevalence of nodal metastasis was 52,2%. The global evaluation of the computed tomography showed a sensivity of 79,2%, a specificity of 52,2%, a positive predictable value of 63,3% and a negative predictable value of 50,6%. The stations which presented the best results considering sensivity were left upper paratracheal (2L), right lower paratracheal (4R) and left lower paratracheal (4L). The nodal stations with the best results considering the specificity were left upper paratracheal (2L), left lower paratracheal (4L), right upper paratracheal (2R) and, right lower paratracheal (4R). In this serie, the computed tomography of the thorax had shown an important diagnostic tool in detection of mediastinal lymph node anormalities. Nevertheless, the neoplastic nature or not of these lymph nodes must be checked through mediastinoscopy, or even through thoracotomy, in order to achieve the correct decision regarding the surgical treatment of patients with non small cell lung cancer.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/10579
Arquivos Descrição Formato
000289944.pdf (746.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.