Repositório Digital

A- A A+

Maculopatia diabética : novos aspectos terapêuticos

.

Maculopatia diabética : novos aspectos terapêuticos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Maculopatia diabética : novos aspectos terapêuticos
Autor Gil, Alberto Luiz
Orientador Lavinsky, Jacó
Co-orientador Azevedo, Mirela Jobim de
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas : Endocrinologia.
Assunto Degeneração macular
Retinopatia diabética
Terapia
[en] Diabetes mellitus
[en] Diabetic retinopathy
[en] Light coagulation
[en] Macula
[en] Retina
Resumo O comprometimento macular na retinopatia diabética pode ocorrer devido a isquemia macular, hemorragias maculares intra-retinianas e pré-retinianas, descolamento macular tracional, neovascularização e mais freqüentemente o edema macular. Cerca de 10% da população total de pacientes com diabete melito (DM) e 25% daqueles com mais de 20 anos de evolução da doença apresentam edema macular, constituindo a principal causa de perda visual neste grupo de pacientes(1-3). Em pacientes com DM tipo 1, o edema macular é visto raramente antes dos primeiros nove anos após o diagnóstico de DM(4), ao contrário de pacientes diabéticos tipo 2 cujo início da maculopatia é mais precoce. A detecção e o tratamento precoce do edema macular podem resultar na melhora ou na estabilização da visão. Novas teorias sobre a fisiopatologia do edema macular surgiram nos últimos anos e novas terapias como a triancinolona sub-tenoneana ou intravítrea, os anti-VEGFs e implantes intravítreos de liberação lenta de dexametasona foram testadas a partir destes conhecimentos. Este manuscrito propõe a revisão destes conceitos e em especial, dos novos aspectos terapêuticos.
Abstract The macular commitment on diabetic retinopathy can occur due to macular ischaemia, intraretinal or preretinal haemorrhages, tractional detachment, neovascularization and more frequently, macular edema. About 10% of the diabetic population and 25% of those with more than 20 years of illness, present macular edema, constituting the main cause of visual loss in this group of patients (1-3). In diabetic type 1 patients, macular edema is rarely seen before 9 years after the diagnostic(4). On the other hand, in diabetic type 2 patients, the maculopathy appears earlier. The detection and the precocious treatment of macular edema can result a visual improvement or stabilization. New theories about the fisiopathology of macular edema had appeared in the last years and new therapies such as sub-tenonean or intravitreal triamcinolone, the anti- VEGFs and slow liberation intravitreal implants of dexametazone were tested since this knowledge. This article considers the revision of these concepts and specially, new therapeutic aspects.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/10597
Arquivos Descrição Formato
000600014.pdf (2.392Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.