Repositório Digital

A- A A+

Inovação, território e cooperação : um novo panorama da geografia econômica do Rio Grande do Sul

.

Inovação, território e cooperação : um novo panorama da geografia econômica do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Inovação, território e cooperação : um novo panorama da geografia econômica do Rio Grande do Sul
Autor Tartaruga, Iván Gerardo Peyré
Orientador Heidrich, Álvaro Luiz
Co-orientador Romero, Gema González
Data 2014
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geografia.
Assunto Geografia econômica
Geografia urbana
Parques tecnológicos
Políticas de inovação
Rio Grande do Sul
[en] Cooperation
[en] Economic geography
[en] Innovation
[en] Proximity
[en] Territory
Resumo As inovações, como aquelas invenções comercialmente viáveis, são processos fundamentais para o desenvolvimento econômico e social de regiões e de países. Em especial, a produção dessas inovações depende do território onde se pretende realizá-la, este considerado como o espaço onde se dão as relações sociais que promovem a aprendizagem e a cooperação voltadas à geração de novidades nas atividades produtivas. Este estudo se propôs a analisar os aspectos territoriais relacionados à produção de inovações no Estado do Rio Grande do Sul, situado na porção mais meridional do Brasil, nos últimos 20 anos. Nesse contexto, o objetivo principal desta tese é apontar os recursos e as potencialidades da região no sentido do desenvolvimento socioeconômico com base nas inovações e a partir de referenciais teórico-metodológicos da Geografia e, em particular, da Geografia Econômica. Para tanto, foram analisadas informações referentes aos recursos para inovar, ao esforço inovador, aos resultados das inovações e à estrutura das instituições de Ensino Superior no estado gaúcho. Com isso, foi possível estabelecer a distribuição espacial do potencial de inovar no estado, por meio da elaboração de um indicador territorial, e, relacionada a essa dispersão, identificar a rede das cidades mais propensas às atividades de inovação. Além disso, foram estudadas as experiências dos parques científicos e tecnológicos gaúchos e as políticas públicas vinculadas, com um especial olhar no papel da proximidade geográfica entre os atores envolvidos em prol da cooperação. Os resultados da pesquisa indicaram as universidades e os respectivos espaços urbanos como importantes agentes para a promoção das inovações no tecido produtivo, juntamente, com os parques de C&T existentes e em implantação no território gaúcho. Com base no estudo foram, também, apresentadas algumas propostas de ações voltadas aos processos de inovação.
Abstract Innovations, as those commercially viable inventions, are fundamental processes to the economic and social development of regions and countries. The production of these innovations especially depends on the territory where we intend to carry it out. Such area is considered as the space where the social relations that promote learning and cooperation towards the generation of innovations in productive activities take place. The aim of this study is to analyze the spatial aspects related to the production of innovations in the last 20 years in the southernmost state in Brazil, Rio Grande do Sul. In this context, the main objective of this thesis is to show the resources and potential of the region towards the socioeconomic development based on innovations and from theoretical and methodological approaches of Geography and, in particular, Economic Geography. Therefore, information was analyzed regarding the resources to innovate, the innovative effort, the results of innovation and the structure of higher education institutions in the Gaucho state. Thus, it was possible to establish the spatial distribution of the potential for innovation in the state, through the development of a territorial display, and, related to this dispersion, identify the network of cities more likely to innovation activities. Moreover, the experiences of scientific and technological Gaucho parks and related public policies, with a special emphasis on the role of the geographical proximity between the actors involved, which fosters cooperation, were studied. The survey results indicated the universities and their urban spaces as important agents for the promotion of innovation in the productive fabric, along with the existing science and technology parks and the underway parks in the state territory. Based on the study were also presented some action proposals to innovation processes.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/106435
Arquivos Descrição Formato
000943798.pdf (7.083Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.