Repositório Digital

A- A A+

Mudança de mundo em Thomas S. Kuhn

.

Mudança de mundo em Thomas S. Kuhn

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Mudança de mundo em Thomas S. Kuhn
Autor Günther, Artur Bezzi
Orientador Carvalho, Eros Moreira de
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Filosofia.
Assunto Epistemologia
Filosofia contemporânea
Filosofia da ciência
Filosofia norte-americana
Kuhn, Thomas S. 1922-1996.
Mudança
Mundo
Observação
Paradigma
Percepção (Filosofia)
Revolução científica
[en] Kuhn
[en] Language
[en] Perception
[en] Similarity
[en] World
Resumo Na obra de Thomas Kuhn, ao compreender as revoluções científicas como mudanças de concepção de mundo, surge o problema de em que sentido e em que medida o mundo muda com uma revolução científica. Esse é o problema central desta dissertação, o qual será analisado através da investigação dos textos de Kuhn e de seus comentadores. Depois de estabelecido o problema, os conceitos utilizados por Kuhn são esclarecidos. Em seguida, é analisado como se desenrola uma mudança de mundo e, com base nisso, é investigado em que medida o mundo muda com uma revolução científica. A conclusão desse trabalho sustenta que a mudança de mundo se fundamenta na mudança das relações de similaridade valorizadas pelos paradigmas e que o mundo muda apenas na sua organização, ou seja, na distribuição dos seus objetos particulares em diferentes tipos a partir das relações de similaridade enraizadas na comunidade científica.
Abstract In Thomas Kuhn‟s work, by understanding the scientific revolutions as changes in world conception, the problem related to in what sense and to what extent the world is changed by a scientific revolution arises. This is the central problem of this thesis, which will be analyzed by investigating Kuhn' and his reviewers‟ work. After establishing the problem, the concepts applied by Kuhn are explained. It is then analyzed how a world change takes place and, based on that, it is investigated in what extent the world changes with a scientific revolution. The conclusion argues that the change of world is based on a change in the similarity relationships valued by the paradigms and that the world only changes on its organization, ie, on the distribution of its particular objects in different types from the similarity relationships settled in the scientific community.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/106443
Arquivos Descrição Formato
000940385.pdf (763.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.