Repositório Digital

A- A A+

Uso de RAPD (Random Amplified Polymorphic DNA) na identificação de híbridos de tangerineiras

.

Uso de RAPD (Random Amplified Polymorphic DNA) na identificação de híbridos de tangerineiras

Mostrar registro completo

Estatísticas

Evento Salão de Iniciação Científica (07. : 1995 out. 16-20 : UFRGS, Porto Alegre, RS).
Título Uso de RAPD (Random Amplified Polymorphic DNA) na identificação de híbridos de tangerineiras
Autor Bastianel, Marines
Zalamena, Odir Antonio
Schwarz, Sergio Francisco
Koller, Otto Carlos
Contido em Salão de Iniciação Científica (7. : 1995 : Porto Alegre). Livro de resumos. Porto Alegre : UFRGS, 1995.
Assunto Ciências agrárias
Tangerina : Melhoramento genetico vegetal : Hibridacao : Dna : Rad : Marcador molecular : Cruzamento vegetal
Tipo Resumo publicado em evento
URI http://hdl.handle.net/10183/106481
Arquivos Descrição Formato
000170865.pdf (25.46Kb) Resumo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.