Repositório Digital

A- A A+

Castração precoce em pequenos animais: técnica, vantagens e riscos e uso no controle populacional

.

Castração precoce em pequenos animais: técnica, vantagens e riscos e uso no controle populacional

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Castração precoce em pequenos animais: técnica, vantagens e riscos e uso no controle populacional
Autor Lichtler, Juliana
Orientador Alievi, Marcelo Meller
Co-orientador Gouvea, Aline Silva
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do sul. Faculdade de Veterinária. Curso de Medicina Veterinária.
Assunto Castração precoce
Filhotes
Gonadectomia
Pequenos animais : Cirurgia veterinaria
[en] Early age spay-neuter
[en] Gonadectomy
[en] Puppies and kittens
[en] Small animals
Resumo Anualmente, milhares de cães e gatos sem dono são sacrificados e milhares de outros vagam pelas ruas, multiplicando-se, disseminando doenças, causando e sofrendo acidentes, dentre outros problemas. Programas de controle incluem educação comunitária e esterilização, recolhimento ou abate dos animais. Buscando formas mais humanas de controlar a população de animais abandonados, a castração precoce de cãezinhos e gatinhos surge como alternativa eficiente e barata, disponibilizando para adoção filhotes que, mesmo se forem abandonados, não produzirão crias. EUA e Europa realizam o procedimento há duas décadas com sucesso; no Brasil, no entanto, o tema é tratado como novidade e os profissionais parecem intimidados com a técnica. O trabalho proposto busca revisar a fisiologia do filhote, as técnicas cirúrgica e anestésica necessárias e as vantagens e riscos que o procedimento oferece, a curto e longo prazo, visando esclarecer o meio acadêmico e profissional sobre o tema para que a técnica passe a ser realizada, ajudando assim no controle da população de animais abandonados. A castração precoce consiste na remoção cirúrgica das gônadas de cães e gatos com seis a 14 semanas de vida. Nessa idade, os sistemas fisiológicos ainda estão imaturos, exigindo cuidados especiais, principalmente na anestesia. A evolução das técnicas cirúrgica e anestésica atuais permite que animais desta idade sejam anestesiados e operados com extrema segurança. As características anatômicas de filhotes tão jovens tornam o procedimento cirúrgico nessa idade mais fácil que em adultos, pois há melhor visualização dos vasos sanguíneos e estruturas viscerais devido à menor quantidade de gordura abdominal e visceral. A recuperação pós-anestésica do filhote é mais rápida e há menor risco de complicações pós-cirúrgicas. Crenças e boatos sobre os efeitos de longo prazo nos animais têm intimidado os profissionais a realizar o procedimento. Estudos diversos, no entanto, têm desmentido tais ideias, não tendo sido observados riscos maiores para os animais castrados precocemente do que para os castrados em idade convencional. A castração precoce se firma, portanto, como opção segura e barata de esterilização, sendo especialmente vantajosa se empregada no controle da população de animais de rua.
Abstract Annually, thousands of stray dogs and cats are sacrificed and thousands of others wander on the streets, multiplying, spreading diseases, causing and suffering accidents, and other problems. Control programs include community education and sterilization, gathering and killing of animals. In an attempt to find more humanitarian means of controlling the population of abandoned animals, early age spay-neuter of kittens and puppies arises as an efficient and cheap alternative, offering to adoption young animals that, even if they are abandoned later, will not produce litters. The USA and Europe have been performing this procedure successfully for two decades; however, in Brazil, this topic is treated as a novelty and professionals seem intimidated by the technical. The proposed paper seeks to review the physiology of the puppy and kitten, the surgical and anesthetic techniques needed, and the advantages and risks offered by this procedure, at a short and long term, aiming to clarify academic and professional environment on this topic, so that this procedure starts to spread, helping on the abandoned animals population control. The early age spay-neuter consists in the surgical removal of the gonads of puppies and kittens from six to fourteen weeks old. At this age, physiological systems are still immature, requiring special care, mainly in anesthesia. The evolution of current surgical and anesthetic techniques allows young animals being anesthetized and operated with the utmost assurance. The anatomical characteristics of such young dogs and cats make surgery at this age easier than in adults, once there is better visualization of the visceral structures and blood vessels, due to smaller amount of abdominal and visceral fat. The post-anesthesia recovery of puppy and kitten is faster and there is less risk of postoperative complications. Beliefs and rumors about the long-term effects in animals have avoided professionals to perform the procedure. However, several studies have contradicted such ideas, once no major risks were observed for early age neutered animals in comparison to animals castrated on conventional age. Therefore, the early age spay-neuter firms itself as a secure and cheap sterilization option, being specially advantageous if used on stray animals population control.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/106626
Arquivos Descrição Formato
000942319.pdf (548.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.