Repositório Digital

A- A A+

Social representations of violence against rural women : unveiling senses in multiple views

.

Social representations of violence against rural women : unveiling senses in multiple views

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Social representations of violence against rural women : unveiling senses in multiple views
Outro título Representações sociais da violência contra mulheres rurais : desvelando sentidos em múltiplos olhares
Outro título Representaciones sociales de la violencia contra mujeres rurales : desvelando sentidos en múltiplas miradas
Autor Costa, Marta Cocco da
Lopes, Marta Júlia Marques
Soares, Joannie dos Santos Fachinelli
Abstract We analyze the social representations of violence against women from the perspective of city managers, professionals and health workers in rural settings of the southern half of Rio Grande do Sul. The study has a qualitative approach and adds a theoretical/methodological perspective of social representations. The data were generated by means of the associative method, question-stimulus of words and expressions emergence. The analysis of word association was performed with EVOC software, considering frequency and order of association with inducing terms. Participants recognize violence against women as gender destination that induces consent, resignation, guilt and fear, and results in naturalization and trivialization of this social phenomenon. We highlight the need to produce ruptures in established and traditional forms of health care, in the conservative and stereotypical views of violence, favoring access to friendly service and avoiding the reproduction of gender inequalities.
Resumo Analisam-se as representações sociais da violência contra as mulheres na perspectiva de gestores municipais, profissionais e trabalhadores da saúde em cenários rurais da metade sul do Rio Grande do Sul. O estudo tem abordagem qualitativa e agrega a perspectiva teórico-metodológica das Representações Sociais. Os dados foram gerados por meio do método associativo, com questão-estímulo de evocações de palavras e expressões. A análise da associação de palavras foi realizada com o auxílio do software EVOC, considerando a frequência e a ordem da associação aos termos indutores. Os participantes reconhecem a violência contra as mulheres como destino de gênero que induz a consentimento, resignação, culpa e medo, e resulta em naturalização e banalização do fenômeno social. Ressalta-se a necessidade de produzir rupturas nas formas instituídas e tradicionais de cuidado em saúde, nas visões conservadoras e estereotipadas da violência, favorecendo o acesso a serviços acolhedores e evitando a reprodução de iniquidades de gênero.
Resumen Se analizan las representaciones sociales de la violencia contra las mujeres desde la perspectiva de gestores municipales, profesionales y trabajadores de salud en el escenario rural de la mitad sur del Rio Grande do Sul. Este estudio con abordaje cualitativo incluye la perspectiva teórico-metodológica de las Representaciones Sociales. Los datos fueron generados por medio del método asociativo con preguntas-estímulo de evocaciones de palabras y expresiones. El análisis de la asociación de palabras fue realizada por medio del programa EVOC, considerando la frecuencia y el orden de la asociación a los términos inductores. Las evocaciones de los participantes reconocen la violencia contra las mujeres como destino de género que inducen a consentimiento, resignación, culpa y miedo resultando en naturalización y banalización del fenómeno social. Destaca la necesidad de producir rupturas en las formas tradicionales del cuidado de la salud, en las visiones conservadoras y estereotipadas de la comprensión de la violencia, favoreciendo el acceso a servicios de acogida y evitando la reproducción de inequidades de género.
Contido em Revista da Escola de Enfermagem da USP. São Paulo. Vol. 48, n. 2 (abr. 2014), p. 213-220
Assunto Atenção primária à saúde
Gestor de saúde
Pessoal de saúde
População rural
Representação social
Violência contra a mulher
[en] Health manager
[en] Health personnel
[en] Health primary care
[en] Professional-patient relations
[en] Rural population
[en] Violence against woman
[es] Atención primaria de salud
[es] Gestor de salud
[es] Personal de salud
[es] Población rural
[es] Relaciones profesional-paciente
[es] Violencia contra la mujer
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/106735
Arquivos Descrição Formato
000933972.pdf (496.4Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.