Repositório Digital

A- A A+

Trajetórias de aprendizado de novas obras pianísticas : três estudos de caso

.

Trajetórias de aprendizado de novas obras pianísticas : três estudos de caso

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Trajetórias de aprendizado de novas obras pianísticas : três estudos de caso
Autor Gonçalves, Fernando Rauber
Orientador Gerling, Cristina Maria Pavan Capparelli
Data 2014
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Programa de Pós-Graduação em Música.
Assunto Aprendizagem musical
Musica : Guias : Piano
Prática musical
Reflexão especular
[en] Deliberated pratice
[en] Musical practice
[en] Performance cues
Resumo O presente trabalho investiga o aprendizado de novas obras pianísticas por três estudantes - em seriações acadêmicas distintas - cursando o Bacharelado em Piano em um curso superior de música. A metodologia adotada foi um estudo multicasos de natureza qualitativa, nos quais buscou-se explorar as concepções e valores de cada participante e contextualizar suas trajetórias de aprendizado a partir de seus horizontes de conhecimentos e habilidades. Suas trajetórias de aprendizado foram monitoradas durante um semestre letivo, a partir de uma metodologia longitudinal de coleta de dados que abarcou entrevistas, relatos de estudo, gravações dos produtos obtidos e guias de execução assinalados após as execuções. Tomados em conjunto, os dados abrangeram as três etapas do ciclo de regulação proposto por Zimmerman (2002) e permitiram ao autor analisar relações diversas entre os processos de aprendizado e os produtos obtidos. Foram identificadas linhas centrais de investigação interpretativa que guiaram o direcionamento da prática instrumental e atuaram como elementos centrais no refinamento dos resultados. As dinâmicas entre componentes diversos de seus aprendizados foram esquematizadas em ciclos de refinamento, nos quais buscou-se delinear aspectos qualitativos dos processos de estudo instrumental deliberado empregados.
Abstract The present thesis discusses the trajectories of three undergraduate Piano Performance students learning a new piano work during an academic semester. Qualitative research methods were used in multicase studies. The aim of those studies was to critically review the relation between the subjects beliefs, values and skills in relation to the actions taken throughout their practice of the pieces during the academic semester. Data collection consisted of: interviews, study reports, audio and video recordings of performances and report of performance cues gathered shortly after the performance. Those kinds of data fulfilled all phases and subprocesses of Zimmerman’s (2002) self-regulation model. The subject’s practice were guided by some specific trains of thoughts which ended up by influencing the outcomes. The dynamics and interplay between thought processes and other aspects of their practice trajectories were depicted as cycles of musical improvement during which different forms of inquiries were responsible for the most significant gains.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/106949
Arquivos Descrição Formato
000944800.pdf (70.36Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.