Repositório Digital

A- A A+

O uso da bicicleta : mobilidade urbana e disputa de território em Porto Alegre

.

O uso da bicicleta : mobilidade urbana e disputa de território em Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O uso da bicicleta : mobilidade urbana e disputa de território em Porto Alegre
Autor Veeck, Sara Soares
Orientador Cláudia Luísa Zeferino Pires
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Curso de Geografia: Bacharelado.
Assunto Bicicleta
Disputa de território
Massa crítica
Mobilidade urbana
[en] Bicycle
[en] Critical mass
[en] Right to the city
[en] Territorial dispute
[en] Urban mobility
Resumo Este trabalho propõe um estudo a respeito do uso da bicicleta na cidade. Buscamos compreender a relação territorial de conflito entre bicicletas, pedestres e motoristas que se dá na cidade de Porto Alegre. O uso da bicicleta aumentou consideravelmente nos últimos anos na capital, e esse crescimento é atribuído a um conjunto de fatores que estão intimamente relacionados, tais como a insatisfação das pessoas com a qualidade do transporte coletivo, os engarrafamentos e as vantagens que o uso da bicicleta proporciona. O referencial teórico metodológico do estudo abrange a lógica de produção da cidade, a cidade vista como um território e o território como um direito do cidadão, discussão sustentada com base em Lefébvre, Gomes e Souza. A monografia se propõe a compreender a percepção dos ciclistas em relação à sua mobilidade pela cidade, analisar a percepção de motoristas e pedestres em relação à mobilidade dos ciclistas e discutir o papel do Movimento Massa Crítica (movimento social que busca, por meio de passeatas mensais, o direito ao uso do território através bicicleta) no planejamento e gestão da cidade. Uma pesquisa de campo foi realizada no método pesquisa-participante, por haver uma relação do entrevistador com o objeto pesquisado, a fim de compreender as concepções dos atores sociais envolvidos e, a partir da análise das respostas, discutir os diferentes pontos de vista dos entrevistados.
Abstract This thesis aims to study the use of bicycles within the city. We wanted to comprehend the territorial conflictual relationship between bikes, pedestrians and drivers that happens in Porto Alegre. Bike riders increased considerably in the last few years in the capitol which is due to a combination of factors that are intimately related as for example: the dissatisfaction with the quality of the public system; the terrible traffic and; the advantages that the use of a bike provides. The methodology used for this study includes the city's logical production, the city viewed as a territory and the latter as the citizens' right with the discussion based on Lefébvre, Gomes and Souza. This monograph has the purpose to understand how the bike riders perceive their mobility around the city, to analyze the drivers' and pedestrians' perception of the bike riders' mobility and, to discuss the role of the Critical Mass Movement (a social movement that quest, through monthly mass bicycle rides, the right to use the territory by bicycles) within the city's planning and management. A field research was done through the participative research method with the goal to comprehend the involved social actor's conceptions and, from the data analysis, discuss the different interviewers' viewpoints.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/106969
Arquivos Descrição Formato
000945107.pdf (20.74Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.