Repositório Digital

A- A A+

Os profissionais da saúde e a higienização das mãos : uma questão de segurança do paciente pediátrico

.

Os profissionais da saúde e a higienização das mãos : uma questão de segurança do paciente pediátrico

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Os profissionais da saúde e a higienização das mãos : uma questão de segurança do paciente pediátrico
Outro título Los profesionales de la salud y el lavado de las manos : un asunto de seguridad del paciente pediátrico
Outro título Health Professionals and hand hygiene : a question of pediatric patient safety
Autor Botene, Daisy Zanchi de Abreu
Pedro, Eva Néri Rubim
Resumo Estudo qualitativo descritivo com objetivo de analisar como a formação acadêmica sobre a higienização das mãos (HM) contribui para a segurança do paciente pediátrico. Realizado em um hospital universitário do sul do Brasil, nas unidades de internação pediátrica no período de agosto a dezembro de 2012. Participaram 16 profi ssionais da saúde (médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas). Para a coleta das informações, utilizou-se entrevista semiestruturada. Os dados foram organizados pelo software QSR Nvivo e analisados pela técnica de análise temática de conteúdo. Os resultados permitiram elencar duas categorias temáticas: “A HM e a formação acadêmica do profissional de saúde”; e “A HM e a vida profi ssional”. Neste manuscrito será apresentada a primeira. Constatou-se que a formação acadêmica contribui de forma pouco efetiva para a criação de uma cultura de segurança do paciente. Existem lacunas, sob a ótica dos profissionais, durante o processo formativo quanto a temática da higienização das mãos. A mesma é tratada de forma pouco eficaz e significativa, para o aprendizado como parte inerente da profissão. Recomenda-se que para tal introjeção dos futuros profissionais, seja importante uma abordagem de forma transversal, contínua, sistemática e foco de avaliações sobre a durante toda a formação, assim como tema de reflexões para os formadores em saúde.
Resumen Estudio cualitativo descriptivo con el objetivo de analizar cómo la formación académica en el lavado de las manos contribuye para la conciencia de una seguridad del paciente pediátrico. Fue desarrollado por un hospital universitario en el sur de Brasil, entre agosto y diciembre de 2012, en las unidades de hospitalización pediátrica. Participaron 16 profesionales de la salud. (médicos, enfermeras, técnicos de enfermería y fi sioterapeutas). Para recolectar la información, se utilizo de entrevista semiestructurada. Los datos fueron organizados y procesados por el software QSR Nvivo, y analizados mediante la técnica de análisis temático del contenido. Los resultados permitieron enumerar dos categorías temáticas: “El lavado de las manos y la formación académica del profesional de salud”; y “El lavado de las manos y la vida profesional”. En este manuscrito se mostrará la primera. Se observó que la formación académica contribuye de forma incipiente para la creación de una cultura de seguridad del paciente. Se observó que existen lagunas en el proceso de formación del profesional de la salud en relación con el tema del lavado de las manos no ser tratado de manera signifi cativa tanto en el aprendizaje y en la introyección como parte inherente de la profesión. Se recomienda que para tal introyección de los futuros profesionales, sea importante un abordaje transversal continuo, sistemático y con enfoque en evaluaciones sobre y durante toda la formación, así como tema de reflexiones para los formadores en salud.
Abstract This paper is a qualitative descriptive study, which aims to analyze how the academic education concerning hand hygiene contributes to the pediatric patient safety. This research was developed in an university hospital in Southern Brazil, in the pediatric unit, during the period of August to December, 2012. Sixteen healthcare professionals participated (doctors, nurses and physical therapists). A semi-structured interview was used to gather information. Data was organized by the software QSR Nvivo and analyzed using the content analysis technique. The results allowed us to list two thematic categories: “Hand hygiene and healthcare professionals’ academic education”; and “Hand hygiene and professional life”. The fi rst thematic category will be presented in this paper. It was identifi ed that the academic education contributes in an ineff ective way to the creation of a patient safety culture. According to the professionals, there are gaps during the educational process regarding hand hygiene. The topic is treated in an ineff ective and not very signifi cant way to the learning and adhesion of hand hygiene in the professional life. It is recommended that, for the internalization of the practice by future professionals, a transversal, continuous and systematical approach is adopted during the professional’s training, evaluations concerning the hand hygiene are done throughout the academic life as well as healthcare professors bethink the topic.
Contido em Revista gaúcha de enfermagem. Porto Alegre. Vol. 35, n. 3 (set. 2014), p. 124-129
Assunto Educação em saúde
Enfermagem
Higiene das mãos
Pediatria
Pessoal de saúde
Segurança do paciente
[en] Hand hygiene
[en] Health education
[en] Health personnel
[en] Nursing
[en] Patient safety
[en] Pediatrics
[es] Educación en salud
[es] Enfermería
[es] Higiene de las manos
[es] Personal de salud
[es] Seguridad del paciente
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/107011
Arquivos Descrição Formato
000940299.pdf (494.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.