Repositório Digital

A- A A+

Potencial erosivo e características das chuvas de Encruzilhada do Sul, RS

.

Potencial erosivo e características das chuvas de Encruzilhada do Sul, RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Potencial erosivo e características das chuvas de Encruzilhada do Sul, RS
Outro título Erosivity potential and characteristics of rainfalls at Encruzihada do Sul, RS
Autor Eltz, Flavio Luiz Foletto
Cassol, Elemar Antonino
Pascotini, Pedro B.
Resumo O objetivo deste trabalho foi determinar a erosividade e algumas características das chuvas de Encruzilhada do Sul, com base no período de 1958 a 1988. Para cada chuva considerada erosiva e com base nos pluviogramas diários, foram digitados a hora e o volume acumulado, sendo os dados processados pelo programa computacional CHUVEROS, que calcula o índice EI₃₀, os totais mensais e anuais, determinando também os padrões hidrológicos das chuvas. O coeficiente de chuvas, o período de retorno e a probabilidade de ocorrência, também foram calculados. O período de janeiro a março concentra 38% da erosividade anual, com pico maior em fevereiro (808,5 MJ mm haˉ¹ hˉ¹), enquanto de julho a setembro concentra o período com menor potencial erosivo (14%). Na média, os padrões avançado, intermediário e atrasado têm 48, 26 e 26% do número de chuvas erosivas, perfazendo 51, 27 e 22% do volume médio anual e 55, 27 e 18% da erosividade média anual. Para Encruzilhada do Sul o valor do índice de erosividade anual é de 5534,3 MJ mm haˉ¹ hˉ¹ (Fator “R” da USLE), com período de retorno de 2,3 anos e probabilidade de ocorrência de 40,6%. Verificou-se que o potencial erosivo das chuvas (EI₃₀) não apresenta correlação significativa com o coeficiente de chuvas.
Abstract The objective of this work was to determine the rainfall erosivity and some characteristics of erosive rainfalls of Encruzilhada do Sul (RS, Brazil), based on the period of 1958 to 1988. For each erosive rainfall, based on daily rainfall charts, the hour and amounts were digited, and processed by the software Chuveros, which calculates the EI₃₀ index, the monthly and annual totals, besides to determine the hydrological pattern of each rainfall. The rainfall coefficient, the return period and its occurrence probability were also calculated. The January to March period concentrates 38% of annual erosivity, with highest peak in February (808.5 MJ mm haˉ¹ hˉ¹), while July to September concentrates the smallest erosive potential (14%). In the average, the advanced, intermediary and delayed patterns present 48, 26 and 26% of the number of erosive rainfalls per year, respectively, correponding to 51, 27 and 22%, respectively, of the annual volume of erosive rainfalls and 55, 27 and 18% of the average annual erosivity. For Encruzilhada do Sul, the mean annual rainfall erosivity index is 5534.3 MJ mm haˉ¹ hˉ¹ (“R” Factor of USLE), with a return period of 2.3 years, and occurrence probability of 40.6%. It has been verified that the rainfall erosive potential (EI₃₀) does not present significant correlation to the rainfall coefficient.
Contido em Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande. Vol. 15, n. 4 (abr. 2011), p. 331-337
Assunto Chuva
Encruzilhada do Sul (RS)
Erosao hidrica
[en] EI30 index
[en] Kinetic energy
[en] Rainfall erosive potential
[en] R factor
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/107089
Arquivos Descrição Formato
000780806.pdf (98.11Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.