Repositório Digital

A- A A+

Fenologia, exigência térmica e produtividade de videiras 'Niagara Branca', 'Niagara Rosada 'e 'Concord' submetidas a duas safras por ciclo vegetativo

.

Fenologia, exigência térmica e produtividade de videiras 'Niagara Branca', 'Niagara Rosada 'e 'Concord' submetidas a duas safras por ciclo vegetativo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Fenologia, exigência térmica e produtividade de videiras 'Niagara Branca', 'Niagara Rosada 'e 'Concord' submetidas a duas safras por ciclo vegetativo
Outro título Thermal requirement, phenology and productivity of Niagara Branca, Niagara Rosada and Concord cultivars submitted to two harvests by vegetative cicle
Autor Anzanello, Rafael
Souza, Paulo Vitor Dutra de
Coelho, Pedro Ferreira
Resumo Este trabalho objetivou avaliar a fenologia, a demanda térmica e a produtividade das cvs. Niagara Branca, Niagara Rosada e Concord submetidas a uma poda seca no inverno e a uma poda verde no final da primavera, visando à obtenção de duas safras de uva por ciclo vegetativo. O experimento foi conduzido em vinhedo pertencente à Estação Experimental Agronômica de Eldorado do Sul-RS, na safra de 2007/2008. As plantas foram submetidas a duas épocas de poda de inverno (22-07-07 e 20-08-07), em cordão esporonado, e duas épocas de poda verde (15-11-07 e 17-12-07), mediante desponte do sarmento a partir da quarta gema acima do último cacho. Os subperíodos fenológicos considerados da videira foram: vegetativo, compreendendo da poda à brotação e da brotação à floração; e reprodutivo, abrangendo da floração à colheita. Os respectivos intervalos tiveram um acompanhamento com base no acúmulo de graus-dia. A produção por planta, sólidos solúveis totais e acidez total titulável foram avaliados em ambas as safras. As cultivares necessitaram aproximadamente de 1.500 graus-dia para completar seu ciclo, tanto na primeira como na segunda safra. A poda de inverno antecipada aumentou a duração do ciclo fenológico das plantas comparativamente à poda de agosto, devido ao aumento do subperíodo poda/floração nas videiras podadas precocemente. A antecipação da poda de inverno antecipou a colheita da primeira safra, possibilitando obter uvas precoces com maior valorização de mercado. A duração do ciclo fenológico da segunda safra foi menor se comparada à primeira safra, devido às temperaturas mais elevadas decorridas no desenvolvimento das plantas submetidas à poda verde. A produtividade da segunda safra foi maior quando a poda seca foi realizada em agosto, associada à poda verde em novembro. Nas plantas submetidas à poda verde, obteve-se uma segunda colheita em meados de março/abril, oferecendo vantagens econômicas ao viticultor e ampliando a disponibilidade da fruta ao consumidor.
Abstract This study aimed at tracking phenology, thermal demand and productivity of Niagara Branca, Niagara Rosada and Concord grapevines subjected to a dry pruning in winter and a green pruning in the end of spring, focused on obtaining two grapes harvests by vegetative cycle. The experiment was performed at Eldorado do Sul’s Agronomic Experimental Station, Rio Grande do Sul State, Brazil, during the 2007/2008 harvesting. The plants were subjected to two dates of pruning in winter (07/22/07 and 08/20/07), performed by means of a short pruning, and two green pruning dates (11/15/07 and 12/17/07), performed by pruning the shoot starting from the fourth bud above the last grape cluster. The grapevine phenological sub periods considered were the vegetative, ranging from the pruning to sprouting and from the sprouting to flowering; and the reproductive, ranging from flowering to harvesting. Such ranges were monitored based on the degree-day accumulation. The grapevine production, total soluble solids and total titratable acidity were evaluated for the two crops. Results showed that all cultivars need around 1500 degree-days to complete their cycle, for both harvests. Early winter pruning increased the duration of the phenological cycle of plants compared to pruning performed in August due to the increased phenological subperiod pruning/flowering on the grapevines with early pruning. The anticipation of the winter pruning allowed advancing the first harvest, producing early grapes with higher market value. The phenological cycle of the second harvest was shorter than the first harvest due to higher temperatures during development of plants on the green pruning. The combination between winter pruning in August and green pruning in November was the most effective to obtain a second harvest in the same grapevine vegetative cycle. Plants subjected to green pruning provided a second harvest, between March/April, offering economic benefits to the producer and expanding the availability of fruit to consumers.
Contido em Revista Brasileira de Fruticultura. Cruz das Almas, Ba. Vol. 34, n.2 (jun. 2012), p. 366-376
Assunto Época de colheita
Manejo
Poda
Uva
[en] Harvest period
[en] Pruning management
[en] Sum-thermal
[en] Vitis labrusca
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/107108
Arquivos Descrição Formato
000936206.pdf (1.051Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.