Repositório Digital

A- A A+

Utilização de resíduos urbanos e agroflorestais para produção de mudas de Eucalyptus benthamii e Mimosa scabrella

.

Utilização de resíduos urbanos e agroflorestais para produção de mudas de Eucalyptus benthamii e Mimosa scabrella

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Utilização de resíduos urbanos e agroflorestais para produção de mudas de Eucalyptus benthamii e Mimosa scabrella
Outro título The use of municipal and agroforestry waste in the production of Eucalyptus benthamii and Mimosa scabrella seedlings
Autor Kratz, Dagma
Wendling, Ivar
Nogueira, Antonio Carlos
Souza, Paulo Vitor Dutra de
Resumo Objetivou-se analisar o crescimento de mudas de Eucalyptus benthamii e Mimosa scabrella produzidas em substratos à base de biossólido (BIO), casca de arroz carbonizada (CAC) e substrato comercial à base de casca de pinus semidecomposta (SC), e correlacionar as propriedades dos substratos com o crescimento das mudas. Para tanto, foram formulados seis substratos: SC; BIO/ CAC (1/1, v:v); BIO/CAC (4/6, v:v); BIO/CAC (3/7, v:v); BIO/CAC (2/8, v:v), e BIO/CAC (1/9, v:v). Foram avaliados os seguintes aspectos: a altura da parte aérea; o diâmetro de colo; a biomassa seca da parte aérea e radicial; a facilidade de retirada do tubete, e a agregação das raízes ao substrato. Os resultados mostraram que todos os substratos foram viáveis para Eucalyptus benthamii, enquanto que, para Mimosa scabrella, aqueles à base de biossólido não foram viáveis, devido ao teor de matéria orgânica, ao pH, à condutividade elétrica e à salinidade.
Abstract In this study, we aimed to analyze the growth of Eucalyptus benthamii and Mimosa scabrella seedlings produced on substrates based on biosolids (BIO), carbonized rice hulls (CRH) and semi-decomposed pine husk (SC), and to correlate the properties of the substrates to the growth of seedlings. To this end, six substrates were prepared: SC, BIO/CRH (1/1, v:v), BIO/CRH (4/6, v:v), BIO/CRH (3/7, v:v), BIO/CRH (2/8, v:v) and BIO/CRH (1/9, v:v). The following variables were assessed: shoot height, stem diameter, shoot dry biomass, root dry biomass, ease of seedling removal from the cartridge, and substrate root aggregation. The results showed that all substrates were viable for Eucalyptus benthamii, whereas for Mimosa scabrella, subtracts based on biosolids were not viable because of organic matter, pH, electrical conductivity, and salinity.
Contido em Floresta e Ambiente. Rio de Janeiro. Vol. 20, n. 4, (out./dez. 2013), p. 530-537
Assunto Eucalipto
Resíduo urbano
Silvicultura
Substrato
[en] Biosolids
[en] Bracatinga
[en] Eucalyptus
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/107120
Arquivos Descrição Formato
000936241.pdf (970.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.