Repositório Digital

A- A A+

Composição do leite de vacas Holandesas em pastejo de azevém com a utilização do trevo branco como fonte proteica

.

Composição do leite de vacas Holandesas em pastejo de azevém com a utilização do trevo branco como fonte proteica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Composição do leite de vacas Holandesas em pastejo de azevém com a utilização do trevo branco como fonte proteica
Outro título Milk composition of Holstein cows grazing ryegrass with the use of white clover as a protein source
Autor Krolow, Rodrigo Holz
Silva, Marcelo Abreu da
Paim, Nilton Rodrigues
Medeiros, Renato Borges de
Gonzalez, Helenice de Lima
Resumo Avaliou-se a composição do leite de animais em pastejo de azevém (Lolium multiflorum Lam.) alimentados com trevo branco (Trifolium repens L.) como substituição ao componente proteico da ração (farelo de soja), em porcentagens de proteína, lactose, sólidos totais e contagem de células somáticas. Utilizaram-se dois grupos com oito vacas da raça Holandesa, agrupados por produção, período de lactação e peso corporal, em delineamento em blocos ao acaso. Um grupo recebeu, diariamente, 3kg de suplemento energético subtraído de farelo de soja e teve acesso à pastagem de trevo branco por, aproximadamente, 2,5 horas (TB); o outro recebeu o mesmo suplemento, adicionado de quantidade de proteína equivalente ao consumo diário no tratamento anterior via trevo, na forma de farelo de soja (FS). Foram observadas diferenças significativas para teor de proteína e lactose, sendo os maiores valores encontrados de proteína em TB (3,02%) e de lactose em FS (4,64%). Para as demais variáveis não houve diferença, com valores de 10,40 e 10,39% de sólidos totais e 182,88 e 153,53 (x1000) células somáticas em TB e FS, respectivamente, mostrando que a utilização dessa fonte alternativa de proteína foi eficiente.
Abstract Was evaluated the composition of milk from animals grazing annual ryegrass (Lolium multiflorum Lam.) fed with white clover (Trifolium repens L.), as a replacement for the protein component of the ration (soybean meal), in percentages of protein, lactose, total solids and somatic cell counts. Were used two groups with eight Holstein cows, grouped by production, lactation period and body weight, in a randomized block design. One group received 3kg of energetic supplement subtracted of soybean meal daily and had access to the white clover pasture for approximately 2.5 hours (TB); the other received the same supplement, added of a quantity of protein equivalent to daily intake in previous treatment via white clover, in the form of soybean meal (FS). Significant differences were observed for protein and lactose content, with the highest values found for protein on TB (3.02%) and lactose on FS (4.64%). For the other variables there was no difference, with values from 10.40 and 10.39% of total solids and 182.88 and 153.53 (x1000) somatic cells on TB and FS respectively, showing that the use of this alternative source of protein was efficient.
Contido em Arquivo brasileiro de medicina veterinaria e zootecnia= Brazilian journal of veterinary and animal sciences. Belo Horizonte. Vol. 64, n.5 (oct. 2012), p. 1352-1359
Assunto Nutricao animal
Pastejo
Qualidade do leite
Vaca leiteira
[en] Grazing
[en] Milk quality
[en] Protein
[en] Suplementation
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/107133
Arquivos Descrição Formato
000939339.pdf (173.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.