Repositório Digital

A- A A+

Envelhecimento e mercado de trabalho no setor hoteleiro brasileiro e português : uma perspectiva de gênero

.

Envelhecimento e mercado de trabalho no setor hoteleiro brasileiro e português : uma perspectiva de gênero

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Envelhecimento e mercado de trabalho no setor hoteleiro brasileiro e português : uma perspectiva de gênero
Autor Fontoura, Daniele dos Santos
Orientador Piccinini, Valmiria Carolina
Co-orientador Ferreira, Sara Cristina Falcão Gonçalves Casaca
Data 2014
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Envelhecimento : Aspectos socias
Gênero
Mercado de trabalho
Setor hoteleiro
[en] Aging
[en] Brazil
[en] Gender
[en] Hospitality sector
[en] Labor market
[en] Older workers
[en] Portugal
Resumo A tese desenvolvida interliga três constructos por si só complexos: envelhecimento, gênero e mercado de trabalho. O processo de envelhecimento é vivido na singularidade por cada indivíduo, sendo que vários fatores intervém. Como não é um fenômeno livre de gênero (Casaca & Boud, 2012), para compreender a relação entre envelhecimento e mercado de trabalho é igualmente fundamental integrar a perspectiva de gênero considerando as especificidades de mulheres e homens ao envelhecer que, em alguns casos, acentuam-se com o envelhecimento (Perista & Perista). Partindo do pressuposto que o mercado de trabalho é dinâmico, relacional e historicamente construído (Rocha-de-Oliveira, 2009) o acesso às oportunidades de trabalho é pautado, muitas vezes, por mecanismos que escapam a racionalidade e remetem às crenças, aos valores e às normas destes mercados (Guimarães, 2009). Desta forma, nesta tese buscou-se defender que as características adscritas de idade – no caso, do processo de envelhecimento – e do gênero delimitam e constrangem as experiências laborais dos/as trabalhadores/as no mercado de trabalho em Hotelaria no Brasil e em Portugal. Para o efeito, realizou-se um estudo qualitativo e comparativo entre Brasil e Portugal. Foram analisados dados secundários oriundos de estatísticas oficiais dos dois países a fim de apresentar como o envelhecimento populacional está refletindo no envelhecimento da força de trabalho e caracterizar a situação do emprego para homens e mulheres mais velhos/as. Os dados primários foram coletados na cidade de Porto Alegre/RS (Brasil) e Lisboa e arredores (Portugal) via entrevistas semiestruturadas com informantes privilegiados/as, trabalhadores/as e estudantes em Hotelaria. Ao todo, foram realizadas 20 entrevistas no Brasil e 23 em Portugal. Os resultados apontam para uma forte segmentação por idade e por gênero no mercado de trabalho em hotelaria. Diversos elementos tanto mercantis quanto não mercantis interferem na delimitação dos espaços de circulação destes/as trabalhadores/as fazendo com que o setor seja associado ao trabalho dos jovens e das mulheres. Tanto os/as informantes privilegiados/as quanto os/as trabalhadores/as e estudantes sinalizam em suas entrevistas que o idadismo e o sexismo seguem presentes nas relações de trabalho em hotelaria, fazendo com que as demandas emocionais e corpóreas recaiam mais sobre as mulheres e estejam fortemente associadas às representações do que é ser um/a trabalhador/a mais velho/a em hotelaria. Logo, nas etapas finais da vida laboral o envelhecimento e o gênero funcionam como elementos articuladores das trajetórias no mercado de trabalho em Hotelaria, delimitando e constrangendo o acesso às oportunidades de trabalho em um cenário no qual os/as mais velhos/as tem sido os/as mais prejudicados/as.
Abstract This present thesis interconnects three complex constructs: aging, gender and labor market. The aging process is experienced by each individual uniqueness, and there are several factors involved in it. As it is not a gender-free phenomenon (Casaca & Boud, 2012), to understand the relationship between aging and labor market, it is also essential to integrate a gender perspective by considering the specificities of women and men getting older, which, in some cases, become more evident with aging (Perista & Perista). Assuming that the labor market is dynamic, relational and historically constructed (Rocha-de-Oliveira, 2009) the access to work opportunities is often guided by mechanisms which go beyond rationality and refer to beliefs, values and norms of these markets (Guimarães, 2009). Therefore, this thesis aims to defend the age ascribed characteristics - in this case, the aging process - and gender delimit and constrain the workers’ labor experience in the hospitality sector in Brazil and in Portugal. In order to achieve this result, we carried out a qualitative and comparative study between Brazil and Portugal. Secondary data from official statistics of the two countries have been analyzed in order to present how the aging process is reflecting on the aging of the workforce and characterize the employment situation for men and women who are elderly. Primary data have been collected in Porto Alegre / RS (Brazil) and Lisbon area (Portugal) via semi-structured interviews with key-informants and employees/students in the area of Hospitality. Twenty people were interviewed in Brazil and twenty-three in Portugal. The results point to a strong segmentation by age and gender in the labor market in hotel management. Miscellaneous both market and non-market elements interfere with the delimitation space circulation of these workers, making the sector to be associated to young people and women work. Both informants and workers/students say in their interviews that ageism and sexism still present in working relationships in hospitality, making the emotional and aesthetic labor affect more on women and strongly associated with representations of what it is like to be an the elder worker in hotels. Therefore, in the final stages of working life aging and gender work as articulators elements of the trajectories in the hospitality labor market, defining and constraining access to job opportunities in a scenario in which elderly people are the most disadvantaged ones.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/107269
Arquivos Descrição Formato
000945353.pdf (2.386Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.