Repositório Digital

A- A A+

A ilusão biográfica e a busca de um sentido argentino ou latino-americano na autobiografia de Libertad Lamarque

.

A ilusão biográfica e a busca de um sentido argentino ou latino-americano na autobiografia de Libertad Lamarque

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A ilusão biográfica e a busca de um sentido argentino ou latino-americano na autobiografia de Libertad Lamarque
Outro título The biographical illusion and the search for Argentinean and Latin American significance in the autobiography of Libertad Lamarque
Autor Kerber, Alessander Mario
Resumo Partindo-se da abordagem acerca da biografia como uma forma de representação do sujeito construída a partir das relações entre a memória e a identidade, ambas efêmeras e definidas a partir de sua relação com determinado contexto histórico, como proposto por autores como Pierre Bourdieu e Roger Chartier, propõe-se uma análise das biografias de Libertad Lamarque, em especial, de sua autobiografia publicada aos 60 anos de carreira, em 1986. Libertad foi uma das artistas de maior sucesso no teatro, rádio, cinema e indústria fonográfica na Argentina entre o final dos anos 1920 e 1945, quando, por supostos conflitos com Eva Perón, não obteve mais trabalho neste país e mudou-se para o México. Em sua autobiografia, a artista utilizou-se de diversas estratégias discursivas para construir determinada versão acerca da identidade nacional argentina e de identidades de nações latino-americanas e associar a sua própria identidade a estas versões. Pretende-se, desta forma, contribuir para as discussões acerca de como foram construídas e massificadas determinadas versões acerca das identidades nacionais de países da América Latina enfocando as lutas de representações presentes nestes processos.
Abstract Starting from the idea that biography as a form of representation of the subject constructed from the relationship between memory and identity, both ephemeral and defined from their relationship with a particular historical context, as proposed by authors such as Pierre Bourdieu and Roger Chartier, we propose an analysis of biographies of Libertad Lamarque, in particular his autobiography published after 60 year career, in 1986. Libertad was one of the most successful artists in theater, radio, cinema and music industry in Argentina between 1920s and 1945, when, for alleged conflicts with Eva Peron, did not get more work in this country and migrate to Mexico. In his autobiography, the artist used different discursive strategies to make a certain version about the Argentine national identity and the identities of the Latin American nations and associate their identity with these versions. We intended to contribute to discussions about how they were make and massed on certain versions of the national identities of the countries of Latin America focusing on the struggles of representations present in these processes.
Contido em Cuadernos del CILHA. Mendoza, Argentina. Vol. 15, n. 1 (jun. 2014), f. [43-72]
Assunto Autobiografia
Identidade nacional
Lamarque, Libertad 1908-2000.
[en] Biography
[en] Libertad lamarque
[en] National identity
Origem Estrangeiro
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/107280
Arquivos Descrição Formato
000944955.pdf (308.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.