Repositório Digital

A- A A+

Evolução de atributos físicos de solo em sistema de integração lavoura-pecuária

.

Evolução de atributos físicos de solo em sistema de integração lavoura-pecuária

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Evolução de atributos físicos de solo em sistema de integração lavoura-pecuária
Outro título Evolution of soil physical attributes in an integrated crop‑livestock system
Autor Conte, Osmar
Flores, João Paulo Cassol
Cassol, Luis Cesar
Anghinoni, Ibanor
Carvalho, Paulo Cesar de Faccio
Levien, Renato
Wesp, Cristiane de Lima
Resumo O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito das alturas de pastejo e dos sucessivos ciclos de pastejo sobre os atributos físicos do solo, em um sistema de integração lavoura‑pecuária. O experimento foi implantado em 2001, na região do Planalto Médio, RS, em um Latossolo Vermelho, com o cultivo consorciado de azevém (Lolium multiflorum) e de aveia-preta (Avena strigosa), sob pastejo contínuo, no inverno, e o cultivo de soja (Glycine max) no verão. Os tratamentos consistiram de diferentes intensidades de pastejo, definidas pela altura da pastagem (10, 20, 30 e 40 cm), tendo-se utilizado uma área sem pastejo como controle. Foram avaliadas a densidade e a porosidade do solo após o ciclo de pastejo e de cultivo da soja, bem como a resistência mecânica do solo à penetração e a estabilidade de agregados no sétimo ano do experimento. Não houve alterações significativas na densidade e na porosidade do solo após sete anos em integração lavoura‑pecuária. A resistência do solo à penetração é maior na camada superficial após o ciclo de pastejo. A agregação do solo aumenta nas áreas pastejadas, independentemente da intensidade de pastejo.
Abstract The objective of this work was to assess the effect of sward height and successive grazing cycles over soil physical attributes in an integrated crop‑livestock system. The experiment was established in 2001, in the Planalto Médio region, RS, Brazil, in a Rhodic Hapludox (Oxisol), with annual ryegrass (Lolium multiflorum) intercropped with black oat (Avena strigosa), under continuous grazing, during the winter, and single cropped soybean (Glycine max) during the summer. The treatments consisted of different grazing intensities, determined by sward height (10, 20, 30, and 40 cm), and a no‑grazing area was used as a control. Soil bulk density and soil porosity were evaluated at the end of the grazing and soybean cycles, as well as soil resistance to mechanic penetration and aggregate stability in the seventh year of the experiment. No significant differences were found on soil bulk density and soil porosity after seven years under crop‑livestock integration. Soil resistance to penetration is higher on the superficial layer after the grazing cycle. Soil aggregation increases in grazing areas, regardless of grazing intensities.
Contido em Pesquisa Agropecuaria Brasileira : 1977. Brasilia. Vol. 46, n.10 (oct. 2011), p. 1301-1309
Assunto Lavoura
Pastejo
Pecuária
Porosidade
[en] Bulk density
[en] Grazing
[en] Integrated production systems
[en] Porosity
[en] Resistance to penetration
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/107336
Arquivos Descrição Formato
000940450.pdf (553.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.